BLOGGER TEMPLATES AND Gaia Layouts »

7 de jan de 2011

Continuando o Julgamento de Murray…

EMT: Murray não aceitava, que Michael estava morto




“Um EMT continuou testemunhando depois de um recesso, informando todos os
trabalhadores de emergência na casa de Michael Jackson, de que sabia que
o cantor havia morrido, mas o Dr. Murray não “chamou ele” ”
Richard Senneff testemunhou
sobre os fatos que a TMZ tem relatado por mais de um ano, que quando os

paramédicos chegaram na casa de MJ, não havia nenhum sinal de vida e sem
chance de recuperação. No entanto, Senneff testemunhou que Dr. Murray
afirmou sentir um pulso, mas se recusou a pronunciar de que MJ estava
morto.
Murray ordenou a EMTs para
levar MJ para o hospital.Senneff disse que o passeio foi
“inacreditável”, como a parada de Rosa. Pessoas correndo pela rua,

tirando fotos, carros aleatório passando pela a ambulância. “Foi uma
loucura.”
Uma vez na UCLA, Senneff disse que Murray estava “girando, movendo-se, suando, nervoso, e inquieto”.
Em interrogatório, Ed
Chernoff Senneff disse que tinha que admitir, que o quadro de Jackson,
estava esquelético, frágil, junto com seu preto / pés azulados, de que
eram sinais de um viciado em drogas.
[...]


Tudo bem, cada um tem o direito de
pensar o que dizer, e aqui é apenas a minha opinião. Venha batendo de
frente desde 25 de Junho, com algo que já afirmei no post passado:

- Como que os paramédicos, estavam socorrendo ele, se Michael já estava morto?

O FBI vai investigar os paramédicos também?

Por que? Bem..


Outro dia coloquei aqui, sobre as
“leis” que sobrevoam um procedimento de socorro, e por isso vou
relembrar isso para vocês: toda vez que um médico LIGA para o 911, a sua
autoridade TERMINA quando os paramédicos chegam. Ou seja: Murray não
tinha NENHUMA AUTORIDADE, para MANDAR os paramédicos fazerem o que ele
queria. E os paramédicos tinham a OBRIGAÇÃO de dizer isso para ele,
assim como NÃO ACEITAR fingir que ele estava vivo.

Ok?


Por isso perguntei ontem:
- Eles estavam socorrendo um morto?


Com base no “código” de socorro, os paramédicos ERRARAM ao obedecer Murray, sendo assim:
- O FBI vai investigar eles também?


Nós sabemos que tem sim um boato, de
que Michael teria saído “morto” da casa, mas mesmo assim isso não tem
lógica alguma para mim.

Não sei o que se passa na cabeça das
pessoas, em achar “normal” os paramédicos fingir socorrer alguém que
tinha morrido, porque o médico pediu para fazer isso.

OMG!


Como eu disse acima: a autoridade de Murray acabaria, quando chegassem os paramédicos. E isso é REGRA!

Isso é até uma questão de lógica: porque se Murray soubesse o que estava fazendo, ele não teria ligado para o 911, certo?


Resumindo: se fosse “normal” o
médico MANDAR nos paramédicos, então seria indispensável a presença de
um paramédico, em qualquer situação de socorro. E acho que eles já
deveriam ter entendido pelo telefone, que Murray era um mau médico,
afinal ele nem soube fazer nem um procedimento de socorro adequado.
E mais “cômico” ainda, é ler que o “passeio foi inacreditável”.
GENTE, o que é isso?
Parece que estão falando, de uma passeata presidencial.

Outra coisa,


Um tempo atrás fiz um vídeo sobre o relatório da ambulância, e através da cópia OFICIAL do relatório ficou claro, que os paramédicos chegaram ANTES de Murray ligar, e levaram mais de 5 minutos para sair da casa do Michael.

Ou seja: outra contradição?


Próxima notícia:
EMT diz, que MJ já estava morto




EMT
diz que quando chegou à casa de Michael Jackson, 4 minutos após a
chamada de 911, Michael estava morto, e parecia que ele já estava morto
antes de Dr. Conrad Murray ligar para o 911.
Richard Senneff testemunhou quando ele chegou à casa, e disse que Michael um paciente do hospício – extremamente frágil.

Senneff diz que acredita que
Murray deve ter esperado pelo menos 20 minutos, antes de chamar o 911,
com base na condição do corpo.

E
Senneff disse, que quando ele perguntou para Murray, se Michael estava
tomando remédios, Murray nunca soltou um pio sobre Propofol.
Murray disse à Senneff, que Michael Jackson tinha sido “desidratado”

[..]


Por que Murray tem um poder tão grande, de convencer todos a mentir?

ATENÇÃO AQUI!

La Toya disse em entrevista que Michael morreu às 9:30 AM, mas a notícia foi divulgada para a imprensa à 1:07 PM.

Ou seja: Michael morreu às 9:30, Murray ligou somente às 12:21, mas 11:51 a ambulância já estava lá!





Premonição, ou contradição?

De 11:51 para 12:21, temos 30 minutos de diferença!

Me desculpa, mas não tem como achar que isso é um “mero” detalhe, estamos falando de um socorro, onde 1 minuto pode ser fatal.

Entende que qualquer que seja a versão, chegaremos a conclusão de que TEM MENTIRA AQUI?


Outra coisa,

Já denotei que usando a matemática, eles levaram 3 minutos para chegar até o UCLA.

Nós sabemos já sabemos a rapidez, que eles levaram para sair da casa. Sim, eu estou sendo irônica..

Me explica, como eles chegaram em 3 minutos ao Hospital com aquela lentidão?


OUTRO ERRO NO RELATÓRIO!

Como eu disse acima, essa questão de
“ter saído morto” sempre me intrigou, então quem não viu o vídeo que
fiz, por favor veja abaixo.

O relatório possui erro no nome do Michael, endereço, e falha no horário do socorro.


As pessoas podem até falar:

- Ah, mas era “problema” no relógio, ou confusão nos horários

Hmmm..


Um relatório apresentado ao FBI, deveria conter este erro? E ainda por cima, com um relógio desatualizado?

Como eu disse acima, 30 minutos é
uma grande diferença. E é esse o objetivo do relatório: registrar TUDO
de forma correta, para uma possível investigação no futuro.


Tô errada?

Porque com certeza, este relatório
foi apresentado ao Juiz. Pena que ele não disse, que a ambulância estava
lá, antes de Murray ligar…

Cozinheira de Michael ao Prince: “algo pode estar errado com seu pai”




Kai Chase,
a cozinheira de Michael Jackson, testemunhou depois que Michael parou
de respirar, o Dr. Murray desceu as escadas em pânico, chamou Prince e
disse: “Algo pode estar errado com seu pai.”
Chase diz que era evidente que havia uma emergência, a cozinheira começou a chorar.
Chase havia testemunhado de
que MJ estava em uma dieta, e com uma ótima saúde, e com refeições de
salada de atum grelhado ahi para o almoço, um dia antes dele morrer.

Ela achou estranho que ela
preparou, a sopa de feijão branco da Toscana para o MJ e Murray na
noite anterior de sua morte, mas quando ela chegou para trabalhar na
manhã seguinte, a sopa estava intocável”

[...]

“..estava em uma dieta, e com uma ótima saúde”



Então como ele estava doente, se ele estava com ótima saúde?
Kenny Ortega, quem o diga!
“Ela chamou Prince e disse: “Algo pode estar errado com seu pai.”
Onde está Paris, que foi mencionada pela outra testemunha?
Notícia 4:
Guarda de Segurança do MJ: “Murray disse para esconder os frascos”




Alberto
Alvarez, guarda-costas, que diz que ele era o diretor de Logística do
MJ, declarou que Dr. Conrad Murray deu-lhe instruções para remover do
quarto do Michael, garrafas junto com uma bolsa de soro, e com uma

substância leitosa branca, antes de chamar o 911 ..
Alvarez diz que ele entrou
no quarto algum tempo depois das MJ 12:17 PM, e viu que Michael estava
imóvel. Ele diz que Murray disse que Michael tinha “uma reacção
alérgica”, em seguida, ordenou-lhe para recolher um saco de garrafas, e
colocá-los em um saco.
Alvarez disse para Murray, em seguida: “Ele instruiu-me a retirar o saco de IV da base IV.”
Para o registro, a lei considera que substância branco-leitosa foi Propofol.
Alvarez diz que havia um segundo saco de IV, e Murray disse a ele para deixá-lo lá.


Alvarez diz que somente depois que as garrafas e um saco foram coletadas, Murray fez a ligação para chamar o 911.
Durante o interrogatório
cruzado, Ed Chernoff, advogado de Murray, disse que Alvarez admitiu que
ele nunca disse para os policiais que Murray ordenou que ele retirasse
as garrafas. Alvarez também admitiu, que pode vender a sua história”

Hmmm..
“Alvarez diz que ele entrou no quarto, algum tempo depois das MJ 12:17 PM”




Perceberam?

Outra prova, de que a ambulância chegou ANTES de Murray ligar..

“Alvarez admitiu que ele nunca disse para os policiais, que Murray ordenou que ele retirasse as garrafas”

Não defendo Murray, mas esse cara ficou mais de 1 ano desaparecido, e agora surge com coisas tão irreais?

“Alvarez admitiu..”


parei no “admitiu”.
“Alvarez também admitiu, que pode vender a sua história”



Concordo!

Por que?

Bem, Murray disse que tinha que voltar para a casa, para esconder um creme que Michael não gostava de mostrar para o público.


Oi?

E depois “guarda-costas disse ainda,
que depois que Michael foi declarado como morto, Murray disse a ele que
estava com fome e queria ir embora”.


Oiii???

Alvarez diz que Murray disse que Michael tinha alergia, Murray diz que não disse isso.
Quem está falando a verdade?
Espero que o outro guarda-costa entre em cena, para dizer quem está mentindo..
Em outra notícia Alvarez diz:

“Depois
de tirar as crianças do quarto, Alvarez notou que o pênis de MJ estava
para fora de sua cueca e um tubo (catéter masculino) estava ligado a
ele.


O que????
“catéter masculino” é um objeto que serve para o paciente urinar, quando ele não consegue controlar o seu sistema fisiológico.
Que eu saiba, isso é usado para pacientes muitoooooo doentes, e completamente frágil.
Como podem dizer que Michael estava assim, se ele estava tão saudável em This is it?
E a ênfase no “pênis” foi lamentável..
- No
chão, Alvarez disse, ele fez massagem cardíaca enquanto Murray fazia
respiração boca-a-boca no cantor. “Depois da segunda vez, ele respirou,
virou pra mim e disse, ‘Sabe, é a primeira vez que eu faço respiração
boca-boca, mas eu tenho de fazer, ele é meu amigo’,” disse Alvarez”


Oi?

Foi ele quem fez a massagem?

E como ele sabia fazer isso? Isso não era o trabalho de Murray? Por que o Murray não fez isso?

Ai ai ai ….


Agora peço a atenção DE NOVO, para a roupa dos pais do Michael.
Vejam a roupa que eles usaram ONTEM, e compare com as roupas que eles usaram, nas audiências anteriores do Julgamento de Michael:






E ontem..

A MESMA ROUPA!
Nós já sabemos que Dona Katherine, vive repetindo essa roupa..
E o Joe não muda a gravata.
A mesma roupa que foi usada, no último Julgamento de Michael em 2005
Já postei isso aqui.
Isso também é coincidência? rs

Acho que eles querem nos levar ao
“passado”, e lembrar do Julgamento do Michael. Não é a primeira roupa,
que Dona Katherina repete daquele dia. (minha opinião)

E o interessante é a matéria, que a TMZ fez sobre as roupas da família do Michael:




O Relatório Preliminar, da Moda de Michael Jackson




“O clã Jackson transformou o dia 2, da audiência preliminar de Conrad Murray, em um desfile de alta costura” (By Tmz)

Ironia ou hipocrisia?

A mesma roupa, putz!

Senti um tom de “sarcasmo”, vindo da TMZ..

Voltando ao Murray…

Me permite algo?

Por favor, leiam DE NOVO a carta que ele escreveu no dia 15 de Junho, dizendo aos pacientes e amigos, que iria parar de trabalhar por um tempo. Ele definiu a sua ausência, como uma “oportunidade”:



Expandir esta imagemReduzir esta imagem Ver em tamanho real


“15 de Junho de 2009:

Caros Amigos e Pacientes
Por causa de oportunidade na minha vida. Eu tive que tomar uma decisão mais difícil, de deixar a prática indefinida de medicina.
Ao longo dos anos, vim a conhecê-lo tanto como pacientes e como amigos.
Foi mais agradável fornecer a você com o estado da arte, cuidados de
qualidade e ter a sua confiança.
Embora a estrada varia de
indivíduo para indivíduo, o desafio foi realizado com profundidade e
preocupação com cada um de vocês, e para a maioria que passou fomos bem sucedidos.
Por causa da minha preocupação constante com a sua saúde, a minha
missão neste momento é encontrar um substituto adequado, que irá
continuar a minha prática (Associação Global Cardiovasculares),
dando-lhe a oportunidade de continuar seu tratamento conosco, ou onde
quer que você escolher.
Na minha ausência, vou continuar a gerir a prática, e se envolver tanto quanto possível, mas será a distância.
Em nome da minha família e
minha equipe, eu gostaria de declarar o quanto eu tenho apreciado você, e
como eu tenho. Estou profundamente triste por deixá-lo neste momento,
mas por favor, sei que minha ausência não é permanente. Eu desejo a cada um de vocês, que continuem com a saúde, prosperidade, sucesso e paz.
Obrigado
Sinceramente, Conrad Murray”


Coincidência também ele se despedir dos pacientes, e menos de 1 mês ser acusado da morte de Michael Jackson?
Consideram o HOAX DEATH, please..
E para fechar com chave de ouro, quero dar destaque ao que Teddy Riley disse ontem em seu twitter:

“2011 é incrível, mas o melhor ainda está por vir”



“ Eu espero que todos tenham tido umas férias maravilhosas. Agora é hora de agitar!”
“Vocês estiveram lá por muito tempo, e eu sei que ele está olhando”



Michael disse sobre This is it: “Na minha humilde opinião, o melhor ainda está por vir”
Will you be there – Você estará lá?
Teddy disse para Oprah: “Ele está assistindo agora, e ele está rindo..”
WTF! Ele está falando do Michael..

E o interessante é que ele fala isso, enquanto do outro lado a família está acompanhando caso de Murray.

Outra contradição! E o outro lado da moeda..

Intrigante, não?

E
lembre-se: Michael Jackson está teoricamente morto, e nada irá mudar
isso. Se fosse para parecer que ele está vivo, as coisas seriam
diferentes. Leiam as coisas “entrelinhas”, questionem, lembrem,
perguntem e pesquisem. Já sabemos que Michael morreu devido a um grande
motivo, e se fosse por “diversão”, ele já teria voltado. Enquanto ele
estiver sob proteção policial, ele estará em segurança.

Próximo capítulo?

Michael is alive!
Fonte:Mulheres Luxo

0 Comments:

Post a Comment