BLOGGER TEMPLATES AND Gaia Layouts »

18 de jan de 2011

Como podemos notar neste documento abaixo, Murray continuou trabalhando desde 08 de Fevereiro como cardiologista particular de seus pacientes fiéis, mesmo sendo acusado de homicídio na morte de Michael Jackson.




E muitos membros da sua Igreja Galiléia, se apressaram para dizer em público, que estão defendendo Murray.


“O
médico acusado de homicídio culposo na morte de Michael Jackson, está
em risco de perder sua licença médica de Texas, e alguns moradores da
Acres Imóveis, alertaram sobre a baixa renda, e o impacto que isso teria
em idosos da comunidade.

“Se o médico perde a sua licença, centenas dos seus pacientes não teriam para onde ir”,
disse Ruby Mosley. Murray ajudou a salvar sua vida. Murray tratou a
senhora de 82 anos, devido a suas artérias bloqueadas há três anos.

”Foi Deus e o Dr. Murray, que me manteram viva”, disse ela.
Ordory Johnson, 74 anos, foi um deles. “Eles deveriam deixá-lo sozinho, porque nós precisamos dele“,
disse Johnson. “Nós não estamos lutando pelo Doutor Murray,” disse
Charles Peckham, um advogado civil que trabalham em nome de Murray. “Estamos lutando por causa de seus pacientes.”


Semana passada, uma emissora de
televisão realizou uma entrevista com esses pacientes, que estão lutando
e defendendo o seu médico. Algum deles, fazem parte da Igreja de
Murray.

“Deixem ele sozinho”, diz um deles.



Segue vídeo:



Hmmm…

“Leave me alone”
Ok!
Quem seria Murray? Um assassino totalmente frio, ou um inocente?
Se eu não acompanhasse essa história, eu diria depois de ver este vídeo, que Murray é uma pessoa totalmente inocente.

É claro que aqui entra o conceito,
do que cada um acredita. Como eu acredito que ele está vivo, eu vejo que
Murray é sim inocente.


No vídeo vemos pessoas idosas, que
relatam pessoalmente o quanto Murray é um bom médico. E além de tudo,
Murray cuida de idosos que não tem condição de pagar ele.

Sendo assim………quem seria Murray?

Ele tem CENTENAS de pacientes, de
acordo com a matéria. E em nenhum deles Murray falhou, mas por uma
coincidência incrível o único que ele falhou foi Michael Jackson, que
por “acaso” veio a morrer.


Como duvidar de um idoso? Um figura tão dócil, “inocente”, e sincera?

Normalmente nós nos tornamos
“frágil”, diante de um idoso. E colocar pacientes idosos, é sem sombras
de dúvidas uma estratégia fascinante, da defesa de Conrad Murray.

Ainda mais quando se trata de uma idosa chorando..
“Eles deveriam deixá-lo sozinho, porque nós precisamos dele”


Quem duvidaria disso?
“Foi Deus e o Dr. Murray, que me manteve viva”, disse ela.


Por que Murray foi um bom médico para eles, mas foi um mau médico para Michael?

Como uma pessoa que ajudava idosos carentes, freqüentava uma Igreja, seria tão irresponsável e cruel?

Minha opinião? Murray é uma pessoa
caridosa, frequenta a Igreja, ajuda as pessoas, é um bom médico,
religioso, amado e respeitado.


Um ótimo perfil de um médico, para ser inocentando facilmente não?

Ou seja: ele é bom, não fez de propósito!

Murray é praticamente o perfil
ideal, de um médico responsável: é religioso e amado. Quem terá a
ousadia de dizer o contrário? Vejam o rosto da idosa..


Vejam os pacientes praticamente GRITANDO, que ele está sendo injustiçado!

Esses pacientes aclamam suas verdades, como se Murray fosse o único médico do mundo.

Por que tanta defesa, e desespero?

Por favor, se lembre da carta de Murray.
Por que Murray não aparece preocupado, enquanto seus pacientes pedem justiça?

Se lembram do socorro de Murray no avião? Testemunhas disseram que ele foi um “bom médico”.

Então…?

Por que com Michael Jackson ele errou tanto?

Ele nunca fez um procedimento de socorro nesses pacientes, para NÃO saber como socorrer Michael Jackson? Ahãm…senta lá.

Concorda comigo que tem algo errado aqui?

Independente se Murray foi um bom médico ou não, é obrigação da justiça condenar Murray, afinal Michael “morreu”.
Com base nisso se Murray não for preso, os beLIEves podem se levantar aliviados.
Não terá prova maior do que isso.
Michael is alive!
Please: não esqueça de votar para o Michael no Grammy.

Fonte:Mulheres Luxo

0 Comments:

Post a Comment