BLOGGER TEMPLATES AND Gaia Layouts »

5 de abr de 2011


No post anterior falamos sobre a La Toya que proclama a Justiça, mas que na prática não vimos nada. Ela acusou a policia de estar encobrindo as coisas, e levantou uma blasfêmia contra tudo e todos.

E com base nisso eu fui pesquisar sobre os relatórios do FBI, onde diz claramente que Michael recebeu proteção da policia durante seu Julgamento, e quando recebeu ameaças de morte.

Vocês sabem, eu adoro uma contradição!

Já falamos sobre isso aqui, mas agora tenho novas informações.

Novos documentos do FBI revelam investigação de um possível ataque terrorista, ameaça de homicídio, e complô contra Michael Jackson.



Primeiro: todos sabem que Michael já foi para o Islã, e que era bem recebido por lá.

Porém também sabemos que Tohme é de lá, e se isso está registrado nos arquivos do FBI merece nossa atenção.

Não é minha opinião, pois estou apenas analisando o que o FBI disse

Se algum dia essa ameaça foi registrada, é por que ela supostamente existiu. Tô errada?

Arquivos do FBI revelam ameaças de morte para Michael Jackson:
- FBI também ajudou a administrar entrevistas, na investigação de abuso sexual infantil contra o cantor

“Durante mais de uma década de monitoramento, o Federal Bureau of Investigation ajudou a criar entrevistas sobre alegações de abuso sexual contra crianças, e um possível ataque terrorista contra Michael Jackson, de acordo com os arquivos recém-liberados do FBI”

Obs: ele está se referiando as entrevista de testemunhas a favor de Michael, assim como a própria afirmação dele ao dizer que era inocente.

“Apesar do controlo por mais de uma década, os arquivos não contêm grandes revelações sobre a vida privada, e a investigação nunca detectou qualquer evidência sólida contra ele, em relação a duas acusações de abuso sexual diferente, de acordo com a Associated Press”

Os documentos divulgados na terça-feira na data de 1992-2005, e embora o FBI disse que eles somam cerca de 600 páginas, apenas 333 foram liberadas devido a regras de privacidade, e um desejo de proteger as técnicas de investigação.

E um desejo de proteger as técnicas de investigação?

Bem, por que você acha que o FBI não divulgou tudo?

Seria por que ainda temos uma investigação aqui, como o próprio FBI afirma?

Se Michael está morto e morto não pode mais ser julgado, do que você acha que se trata essa investigação do FBI?

Sobre a morte dele..

E isso vai totalmente contra aquilo que a La Toya afirmou, ao dizer que o FBI não está trabalhando.

É claro que sabemos que temos erros gritantes aqui, mas nós também sabemos o porquê.

Então, eles voltam a falar de Frank da Máfia Gambino:

“Embora eles não contêm muitas notícias bombásticas, eles revelam que a condenação de 1993, Frank Paul Jones – um homem supostamente obcecada pela irmã de Michael, Janet Jackson – foi acusado de ameaças de morte feitas contra Michael, e o então presidente George HW Bush, com a influência do chefão mafioso John Gotti, a quem ele dizia ser seu pai.” Em carta obtida pelo FBI, datado de 06 de julho de 1992, Jones escreveu: “Eu decidi que já que ninguém está me levando sérios, e eu não posso lidar com meu estado de espírito, então eu estou indo para Washington, DC, para ameaçar matar o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush “, acrescentando:” Michael (Jackson) também onde irei pessoalmente tentar matar, se ele não pagar o meu dinheiro. “ 

Entre os documentos escrito pelo escritório do promotor da cidade de Los Angeles, que alegou que em 22 de junho de 1992, o autor da carta “chega na Califórnia” e “ameaça matar”. O FBI entrevistou uma “vítima”, não identificado, cujo nome está redigido, mas disse à AP que era supostamente Michael Jackson, o qual disse às autoridades que estava ciente das ameaças, e levou isso sério. Jones foi detido em 22 de junho, e condenado em 1993 a dois anos de prisão por “envio de uma comunicação ameaçadora”.

Interessante ele ser preso dia 22 de Junho.. 

Obs: já falamos sobre Frank Gambino aqui, e nós já sabemos que ele está sendo investigado pelo “assassinato” de Michael Jackson. Ele mesmo falou sobre isso em seu Blog pessoal.

“A agência de investigação do governo federal continuou a sua investigação sobre Jackson em 1993, após a polícia de Los Angeles pedir ao FBI se ele estava interessado em trabalhar em um possível caso contra Jackson, por transportar um menor para fora do Estado para fins imorais. O pedido veio depois de um investigador LAPD viajoar para Manila, nas Filipinas, para falar com dois ex-funcionários de Jackson que disse ter visto o cantor acariciar os rapazes, o FBI ainda não aderiram ao inquérito, porque a Procuradoria dos EUA se recusou a se envolver, embora um agente do FBI acompanhou os funcionários da Califórnia na primeira entrevista”

Foco:

“o FBI ainda não aderiram ao inquérito, porque a Procuradoria dos EUA se recusou a se envolver..”
Consegue me acompanhar?

Atenção aqui:

O Departamento de Polícia de Santa Maria pediu para o FBI se envolver de novo, depois que Jackson foi preso por abuso infantil em 2004, acreditando que o processo judicial que se seguiu seria um “alvo fácil”, para os terroristas por causa da atenção mundial, e assim oo julgamento poderia atrair um suposto atentando. O FBI acabou por concluir que não houve ameaça iminente, embora tenha registado a presença no tribunal da Nação Frutos do Islã, força de segurança do Islã, e um membro desconhecido. Michael teve guarda-costas durante o julgamento foi absolvido do caso.

Vale lembrar que Michael, tinha um bom relacionamento com o Islã.

“O Departamento de Polícia pediu para o FBI se envolver, acreditando que o processo seria um “alvo fácil” para os terroristas..”
WTF!

Ou seja: quando houve a acusação de abuso sexual infantil o FBI se recusou a envolver no caso, mas quando houve a ameaça de terrorismo, o FBI estava presente no Tribunal.

Onde estava o FBI?

Protegendo o Tribunal de um possível ataque terrorista, e assim protegendo Michael Jackson…

Pense!

As pessoas precisam entender que se existe uma acusação, a pessoa precisa responder independente se é culpada ou não.

“O FBI revista notas do caso das autoridades locais, no caso de abuso sexual, e analisou 16 computadores tomadas na casa de Jackson, mas os investigadores não acharam nada, o que levou um dos advogados de conduzir a defesa de Jackson, Thomas Mesereau, para dizer que os documentos do FBI fornecem mais provas de que Jackson não fez nada errado”


“Ele não era um criminoso, e ele não era um pedófilo”, Mesereau disse o AP. “
“O fato de tantas agências na investigação e não conseguiram encontrar nada, prova que ele era completamente inocente.”

FOCO aqui!

“..os documentos que o FBI fornecem, prova que Jackson não fez nada errado”
Hmmmm…

Durante 2003 - 2004, Michael também tinha outro advogado que trabalhava nas investigações chamado Peter Lopez.

O advogado de Michael Jackson chamado Peter Lopez, supostamente cometeu suicídio em abril de 2010, e até hoje a esposa não entende porque ele faria isso.

Fuçando por ai achei uma entrevista de Peter Lopez em Agosto de 2009, onde ele fala sobre a “morte” de seu ex-cliente Michael Jackson:


Peter Lopez: “O mistério da morte de Michael será resolvido logo”
“As circunstâncias da morte misteriosa de Michael Jackson deve ser esclarecido em breve, disse seu ex- advogado ao Sky News. Peter Lopes espera que o relatório de toxicologia, possa ser lançado em um futuro próximo.

O relatório foi concluído, mas não será publicada durante o inquérito policial que ainda está em curso.

Lopez disse à Sky News: “Devemos ouvir na próxima semana, acredito que a polícia de Los Angeles está fazendo uma investigação muito rigorosa”

“Foram sete semanas desde que Michael morreu, e disseram que os relatórios seriam divulgados em 5-6 semanas, além do que isso é uma indicação do profissionalismo da polícia de Los Angeles, fazendo aquilo que temos direito. “

Peter Lopez também sente que a morte de seu ex-cliente, poderia eventualmente ter sido evitada.

“Eu acho que é muito cedo para dizer, não temos todos os fatos, mas ele não deveria estar morto, isso é muito claro”

“Algo de mal terrivelmente aconteceu, e nós vamos descobrir sobre isso muito em breve.”

O advogado prestou homenagem aos detetives, que conduz a investigação da morte do Rei do Pop, dizendo que ele percebeu que eles estavam em uma situação muito difícil, e eles estão fazendo o “trabalho fantástico” para assegurar que “os resultados saem direito”.

O que se conclui com isso? Que o FBI está SIM trabalhando no caso da morte de Michael, e isso vai em contradição às afirmações da La Toya.

Obs: ele não era mais advogado do Michael, e por isso provavelmente não sabe de nada. O foco aqui é que ele foi até a TV, dizer que algo de muito ruim aconteceu com o Michael, e que ele iria descobrir isso.

Curiosamente 7 meses depois dessa entrevista, Peter Lopez seria encontrado morto, com base em uma alegação de que teria cometido suicídio.

Francamente..

Esse cara tem qualquer tipo de sintoma, de alguém que iria cometer um suicídio?

Peter Lopez deixou uma esposa e dois filhos, o qual até hoje não sabem o que aconteceu.

Ele disse:

“Algo de mal terrivelmente aconteceu, e nós vamos descobrir..”
Então ele morre, antes de terminar as investigações.

O que você acha que aconteceu?

#reflita

O pai de Evan Chandler também foi encontrado morto em novembro de 2009, e também teria cometido suicídio como Peter Lopez.

Talvez…queima de arquivo?

É nessa hora que chamo você, e te pergunto seriamente falando:

- O que você acha que Michael Jackson fez, perante as ameaças de morte?

Ficou sentado, esperando o trem passar?

- O que você como fã, gostaria que ele fizesse?

O que é mais irrelevante: esses documentos do FBI, ou as provas imaginárias de La Toya?

Lembre-se: estamos falando de documentos do FBI!

Percebeu algo comum entre essas mortes, e a suposta morte de Michael?

Vou te ajudar..

Eles supostamente cometeram suicídio, assim como Michael que também teria se matado.

Agora me deixa falar algo que também é sério.

Já disse que a escolha desses jurados para o Julgamento de Murray, é totalmente errado e absurdo. Expliquei aqui como é o procedimento correto para a escolha do Júri, de acordo com a Lei Americana. Sendo assim amados, isso é um detalhe que poderá no futuro fazer toda a diferença.

Por que?

Para começar é errado, mas por que eles estão fazendo isso?

Onde esses jurados se cadastraram? Como eles conseguiram chegar até lá?

Qualquer fã do Michael gostaria de ser jurado, mas por que poucas pessoas se ofereceram?

Por que eles não seguiram o método correto para a escolha do jurado?

Seria por que eles precisam MANIPULAR quem será esses jurados? #reflita

Por que? Bem, atores é o que mais temos aqui. 

Você concorda comigo que seguindo o procedimento correto da escolha do Jurado, e colocando um cidadão comum (como deveria ser), eles teriam que ter um JULGAMENTO DE VERDADE?

Por que tudo em relação ao Murray é diferente?

Alguma dúvida de que o FBI está SIM trabalhando?

Ou você reflete sobre isso, ou você acompanha a La Toya.

Me avise quando começar a levar as coisas mais a sério..

Michael is alive! 

Fonte: Mulheres Luxo



0 Comments:

Post a Comment