BLOGGER TEMPLATES AND Gaia Layouts »

21 de out de 2011

Julgamento Conrad Murray: décimo primeiro dia





Desde quando uma foto tirada de uma foto é mais “confiável” do que a outra?

Nada irá tirar da minha cabeça que ALI tem DOIS CORPOS SIM, ou então eles clarearam de PROPÓSITO para simular a Vitiligo

Como eu disse no post ANTERIOR o problema não é o clareamente de pele, mas sim o clareamento estar repartido em linhas. E isso não é normal.

Enfim,

Peguei a foto da TMZ (conforme pedido), e coloquei ao lado do UMBIGO real do Michael.

Deixarei o ÓBVIO servir como a minha resposta 



Agora,

Vamos falar sobre o décimo dia do Julgamento de Conrad Murray

Foi noticiado o seguinte:

Especialista diz que Conrad Murray é o culpado pela morte de Michael



Um cardiologista colaborador do Medical Board of California, o organismo que regula a prática da medicina na Califórnia, afirmou nesta quarta-feira que o médico Conrad Murray foi o responsável pela morte de Michael Jackson por cometer sérias negligências.

O médico Alon Steinberg protagonizou a sessão na Corte Superior do condado de Los Angeles onde Murray enfrenta acusação de homicídio culposo (sem intenção de matar) pela morte do rei do pop e pelo que pode ser condenado a quatro anos de prisão.

Steinberg, quem tentou criar empatia com o júri, defendeu com veemência sua tese de que o médico particular de Michael foi o responsável pelo o que ocorreu com o artista, uma conclusão à qual chegou após estudar as justificadas do acusado durante a investigação.

“Se Conrad Murray não tivesse desviado os padrões médicos de seis maneiras diferentes Michael Jackson estaria vivo”, garantiu Steinberg, para quem o primeiro erro cometido por Murray foi administrar propofol ao cantor.

“Nunca ouvi falar de nenhum médico que usasse propofol para tratar insônia, isso é uma grave negligência” apontou Steinberg, quem culpou Murray também de não ter o equipamento necessário para controlar o estado do paciente nem para atendê-lo corretamente em caso de complicações.

A testemunha recriminou o médico por se ausentar do quarto e deixar o paciente sedado sozinho, o que considerou o mesmo que abandonar sem vigilância um bebê dormindo.

Steinberg considerou que Murray se equivocou ainda na hora de atender o cantor quando se deu conta de que algo não estava bem.

“Ele não seguiu os protocolos. É estranho um médico não ligar para o 911 (telefone de emergência nos Estados Unidos). É um conhecimento básico. Ao invés disso chamou o assistente de Michael”, disse e acrescentou que Murray também não soube fazer de forma correta a reanimação do artista.

[..]

Concordo plenamente!

Disse e repito: se Murray matou Michael Jackson ele deve ser PRESO!

Agora,

Se ele não matou…

Esse é o tipo de coisa que só poderemos ter a certeza, quando no final de outubro anunciarem a condenação de Murray

Por que se preocupar tanto?

Só me deixa fazer uma breve observação?

Ele diz:

“É estranho um médico não ligar para o 911..”

Oi?

Desde quando Murray não ligou para o 911?

Ele ligou SIM, mas ligou tarde demais..

Dizer que “NÃO LIGOU” é diferente de “LIGOU TARDE DEMAIS”

É incrível como todos os dias tem uma contradição

E contradição maior que o rosto de Steinberg rindo durante seu depoimento, bem dai é dificil de imaginar. Se bem que Nicole Alvarez ainda é a minha predileta.

Nader Kamangar: especialista em distúrbios de sono



Quem também foi ouvido nesta tarde de quarta-feira (12) foi o especialista em distúrbios de sono e doenças pulmonares, Nader Kamangar. Ele disse ao júri que cuida do caso de Conrad Murray que o uso de Propofol sem um cuidado médico é “inconcebível”.

O médico, que é membro do Conselho Médico da Califórnia, disse ter encontrado muitas divergências no tipo de cuidado que Murray teve com Michael Jackson, já que ele acreditava que o problema de MJ era insônia.

“A insônia é um problema muito comum, assim como o uso diário do Propofol como forma de tratamento. Mas é com muito cuidado porque quando usado com outro sedativo, pode ser extremamente imprevisível. Os pacientes que usam Propofol precisam ser monitorados de perto porque o estado de saúde deles pode mudar a qualquer instante”, declarou Nader Kamangar.

Com uma opinião similar ao da primeira testemunha, o Dr. Alon Steinberg, ele acha que o tratamento escolhido que o médico Conrad Murray deu para Jackson foi uma “negligência grosseira”.

[..]

Desculpa, mas eu ri!

O que eu disse acima?

É incrível como todos os dias tem um contradição +1

Sendo assim me acompanhe,

A primeira testemunha disse:

“Nunca ouvi falar de nenhum médico que usasse propofol para tratar insônia, isso é uma grave negligência” apontou Steinberg

A segunda testemunha disse:

“A insônia é um problema muito comum, assim como o uso diário do Propofol como forma de tratamento”

Damn!

Então É ou NÃO É permitido usar propol para tratar insônia?

Uma contradição que muda tudo! Entende!? 

Por que isso acontece e NINGUÉM presente nesse tribunal percebe?

Fico me perguntando isso todos os dias..

Por fim, a defesa de Murray desiste da Teoria de que Michael teria se assassinado. Também não é para menos, levando em consideração que essa Teoria sempre foi ridícula

Leia:

Conrad Murray desiste de dizer que Michael Jackson “se matou acidentalmente”

Conrad Murray desistiu de dizer que Michael Jackson decidiu se automedicar, afirmou Michael Flanagan, advogado do médico, no Tribunal Superior de Los Angeles, nesta quarta-feira (12), durante o julgamento sobre a morte do cantor, ocorrida em junho de 2009.

Segundo o site “TMZ”, o advogado anunciou que Murray está abandonando o argumento de que o astro se matou acidentalmente ao usar em si mesmo, por via oral, a substância Propofol.

Flanagan alegou que um estudo independente feito pela defesa mostrou que engolir Propofol não produziria resultados fatais.

Outro advogado, Ed Chernoff, disse na abertura dos trabalhos que iria mostrar Michael usando sozinho a medicação. De acordo com a publicação, ele ainda pode argumentar que o cantor aplicou a dose fatal após “acordar e se sentir frustrado”.

[…]

Hmmm..

“Ed Chernoff disse na abertura dos trabalhos, que iria mostrar Michael usando sozinho a medicação”

? ?

Bem se isso realmente acontecer, será praticamente uma declaração para inocentar Murray

Porém eu não acredito nisso, pelo simples motivo de que Michael quer “zelar” a sua imagem

Apesar que “drogado” se tornou bastante comum quando pensamos em Michael Jackson. E eu não estou sendo ironica.

Eles conseguiram nos surpreender até com uma foto de autópsia! Nada poderá ser mais chocante que isso.

Minha opinião?

Como dizem por ai: “Se declare CULPADO que a pena é menor..”

Isso é praticamente um jargão dos advogados, pois reconhecer o ERRO é muitas vezes a melhor e a mais SÁBIA saída.

Errar é humano!

Enfim,
Que venha o próximo!

O sábio sempre procura aprender. O ignorante sempre quer ensinar

Michael is alive! 

Fonte: Mulheres Luxo

0 Comments:

Post a Comment