BLOGGER TEMPLATES AND Gaia Layouts »

7 de jan de 2011

EMT: Murray não aceitava, que Michael estava morto




“Um EMT continuou testemunhando depois de um recesso, informando todos os
trabalhadores de emergência na casa de Michael Jackson, de que sabia que
o cantor havia morrido, mas o Dr. Murray não “chamou ele” ”
Richard Senneff testemunhou
sobre os fatos que a TMZ tem relatado por mais de um ano, que quando os

paramédicos chegaram na casa de MJ, não havia nenhum sinal de vida e sem
chance de recuperação. No entanto, Senneff testemunhou que Dr. Murray
afirmou sentir um pulso, mas se recusou a pronunciar de que MJ estava
morto.
Murray ordenou a EMTs para
levar MJ para o hospital.Senneff disse que o passeio foi
“inacreditável”, como a parada de Rosa. Pessoas correndo pela rua,

tirando fotos, carros aleatório passando pela a ambulância. “Foi uma
loucura.”
Uma vez na UCLA, Senneff disse que Murray estava “girando, movendo-se, suando, nervoso, e inquieto”.
Em interrogatório, Ed
Chernoff Senneff disse que tinha que admitir, que o quadro de Jackson,
estava esquelético, frágil, junto com seu preto / pés azulados, de que
eram sinais de um viciado em drogas.
[...]


Tudo bem, cada um tem o direito de
pensar o que dizer, e aqui é apenas a minha opinião. Venha batendo de
frente desde 25 de Junho, com algo que já afirmei no post passado:

- Como que os paramédicos, estavam socorrendo ele, se Michael já estava morto?

O FBI vai investigar os paramédicos também?

Por que? Bem..


Outro dia coloquei aqui, sobre as
“leis” que sobrevoam um procedimento de socorro, e por isso vou
relembrar isso para vocês: toda vez que um médico LIGA para o 911, a sua
autoridade TERMINA quando os paramédicos chegam. Ou seja: Murray não
tinha NENHUMA AUTORIDADE, para MANDAR os paramédicos fazerem o que ele
queria. E os paramédicos tinham a OBRIGAÇÃO de dizer isso para ele,
assim como NÃO ACEITAR fingir que ele estava vivo.

Ok?


Por isso perguntei ontem:
- Eles estavam socorrendo um morto?


Com base no “código” de socorro, os paramédicos ERRARAM ao obedecer Murray, sendo assim:
- O FBI vai investigar eles também?


Nós sabemos que tem sim um boato, de
que Michael teria saído “morto” da casa, mas mesmo assim isso não tem
lógica alguma para mim.

Não sei o que se passa na cabeça das
pessoas, em achar “normal” os paramédicos fingir socorrer alguém que
tinha morrido, porque o médico pediu para fazer isso.

OMG!


Como eu disse acima: a autoridade de Murray acabaria, quando chegassem os paramédicos. E isso é REGRA!

Isso é até uma questão de lógica: porque se Murray soubesse o que estava fazendo, ele não teria ligado para o 911, certo?


Resumindo: se fosse “normal” o
médico MANDAR nos paramédicos, então seria indispensável a presença de
um paramédico, em qualquer situação de socorro. E acho que eles já
deveriam ter entendido pelo telefone, que Murray era um mau médico,
afinal ele nem soube fazer nem um procedimento de socorro adequado.
E mais “cômico” ainda, é ler que o “passeio foi inacreditável”.
GENTE, o que é isso?
Parece que estão falando, de uma passeata presidencial.

Outra coisa,


Um tempo atrás fiz um vídeo sobre o relatório da ambulância, e através da cópia OFICIAL do relatório ficou claro, que os paramédicos chegaram ANTES de Murray ligar, e levaram mais de 5 minutos para sair da casa do Michael.

Ou seja: outra contradição?


Próxima notícia:
EMT diz, que MJ já estava morto




EMT
diz que quando chegou à casa de Michael Jackson, 4 minutos após a
chamada de 911, Michael estava morto, e parecia que ele já estava morto
antes de Dr. Conrad Murray ligar para o 911.
Richard Senneff testemunhou quando ele chegou à casa, e disse que Michael um paciente do hospício – extremamente frágil.

Senneff diz que acredita que
Murray deve ter esperado pelo menos 20 minutos, antes de chamar o 911,
com base na condição do corpo.

E
Senneff disse, que quando ele perguntou para Murray, se Michael estava
tomando remédios, Murray nunca soltou um pio sobre Propofol.
Murray disse à Senneff, que Michael Jackson tinha sido “desidratado”

[..]


Por que Murray tem um poder tão grande, de convencer todos a mentir?

ATENÇÃO AQUI!

La Toya disse em entrevista que Michael morreu às 9:30 AM, mas a notícia foi divulgada para a imprensa à 1:07 PM.

Ou seja: Michael morreu às 9:30, Murray ligou somente às 12:21, mas 11:51 a ambulância já estava lá!





Premonição, ou contradição?

De 11:51 para 12:21, temos 30 minutos de diferença!

Me desculpa, mas não tem como achar que isso é um “mero” detalhe, estamos falando de um socorro, onde 1 minuto pode ser fatal.

Entende que qualquer que seja a versão, chegaremos a conclusão de que TEM MENTIRA AQUI?


Outra coisa,

Já denotei que usando a matemática, eles levaram 3 minutos para chegar até o UCLA.

Nós sabemos já sabemos a rapidez, que eles levaram para sair da casa. Sim, eu estou sendo irônica..

Me explica, como eles chegaram em 3 minutos ao Hospital com aquela lentidão?


OUTRO ERRO NO RELATÓRIO!

Como eu disse acima, essa questão de
“ter saído morto” sempre me intrigou, então quem não viu o vídeo que
fiz, por favor veja abaixo.

O relatório possui erro no nome do Michael, endereço, e falha no horário do socorro.


As pessoas podem até falar:

- Ah, mas era “problema” no relógio, ou confusão nos horários

Hmmm..


Um relatório apresentado ao FBI, deveria conter este erro? E ainda por cima, com um relógio desatualizado?

Como eu disse acima, 30 minutos é
uma grande diferença. E é esse o objetivo do relatório: registrar TUDO
de forma correta, para uma possível investigação no futuro.


Tô errada?

Porque com certeza, este relatório
foi apresentado ao Juiz. Pena que ele não disse, que a ambulância estava
lá, antes de Murray ligar…

Cozinheira de Michael ao Prince: “algo pode estar errado com seu pai”




Kai Chase,
a cozinheira de Michael Jackson, testemunhou depois que Michael parou
de respirar, o Dr. Murray desceu as escadas em pânico, chamou Prince e
disse: “Algo pode estar errado com seu pai.”
Chase diz que era evidente que havia uma emergência, a cozinheira começou a chorar.
Chase havia testemunhado de
que MJ estava em uma dieta, e com uma ótima saúde, e com refeições de
salada de atum grelhado ahi para o almoço, um dia antes dele morrer.

Ela achou estranho que ela
preparou, a sopa de feijão branco da Toscana para o MJ e Murray na
noite anterior de sua morte, mas quando ela chegou para trabalhar na
manhã seguinte, a sopa estava intocável”

[...]

“..estava em uma dieta, e com uma ótima saúde”



Então como ele estava doente, se ele estava com ótima saúde?
Kenny Ortega, quem o diga!
“Ela chamou Prince e disse: “Algo pode estar errado com seu pai.”
Onde está Paris, que foi mencionada pela outra testemunha?
Notícia 4:
Guarda de Segurança do MJ: “Murray disse para esconder os frascos”




Alberto
Alvarez, guarda-costas, que diz que ele era o diretor de Logística do
MJ, declarou que Dr. Conrad Murray deu-lhe instruções para remover do
quarto do Michael, garrafas junto com uma bolsa de soro, e com uma

substância leitosa branca, antes de chamar o 911 ..
Alvarez diz que ele entrou
no quarto algum tempo depois das MJ 12:17 PM, e viu que Michael estava
imóvel. Ele diz que Murray disse que Michael tinha “uma reacção
alérgica”, em seguida, ordenou-lhe para recolher um saco de garrafas, e
colocá-los em um saco.
Alvarez disse para Murray, em seguida: “Ele instruiu-me a retirar o saco de IV da base IV.”
Para o registro, a lei considera que substância branco-leitosa foi Propofol.
Alvarez diz que havia um segundo saco de IV, e Murray disse a ele para deixá-lo lá.


Alvarez diz que somente depois que as garrafas e um saco foram coletadas, Murray fez a ligação para chamar o 911.
Durante o interrogatório
cruzado, Ed Chernoff, advogado de Murray, disse que Alvarez admitiu que
ele nunca disse para os policiais que Murray ordenou que ele retirasse
as garrafas. Alvarez também admitiu, que pode vender a sua história”

Hmmm..
“Alvarez diz que ele entrou no quarto, algum tempo depois das MJ 12:17 PM”




Perceberam?

Outra prova, de que a ambulância chegou ANTES de Murray ligar..

“Alvarez admitiu que ele nunca disse para os policiais, que Murray ordenou que ele retirasse as garrafas”

Não defendo Murray, mas esse cara ficou mais de 1 ano desaparecido, e agora surge com coisas tão irreais?

“Alvarez admitiu..”


parei no “admitiu”.
“Alvarez também admitiu, que pode vender a sua história”



Concordo!

Por que?

Bem, Murray disse que tinha que voltar para a casa, para esconder um creme que Michael não gostava de mostrar para o público.


Oi?

E depois “guarda-costas disse ainda,
que depois que Michael foi declarado como morto, Murray disse a ele que
estava com fome e queria ir embora”.


Oiii???

Alvarez diz que Murray disse que Michael tinha alergia, Murray diz que não disse isso.
Quem está falando a verdade?
Espero que o outro guarda-costa entre em cena, para dizer quem está mentindo..
Em outra notícia Alvarez diz:

“Depois
de tirar as crianças do quarto, Alvarez notou que o pênis de MJ estava
para fora de sua cueca e um tubo (catéter masculino) estava ligado a
ele.


O que????
“catéter masculino” é um objeto que serve para o paciente urinar, quando ele não consegue controlar o seu sistema fisiológico.
Que eu saiba, isso é usado para pacientes muitoooooo doentes, e completamente frágil.
Como podem dizer que Michael estava assim, se ele estava tão saudável em This is it?
E a ênfase no “pênis” foi lamentável..
- No
chão, Alvarez disse, ele fez massagem cardíaca enquanto Murray fazia
respiração boca-a-boca no cantor. “Depois da segunda vez, ele respirou,
virou pra mim e disse, ‘Sabe, é a primeira vez que eu faço respiração
boca-boca, mas eu tenho de fazer, ele é meu amigo’,” disse Alvarez”


Oi?

Foi ele quem fez a massagem?

E como ele sabia fazer isso? Isso não era o trabalho de Murray? Por que o Murray não fez isso?

Ai ai ai ….


Agora peço a atenção DE NOVO, para a roupa dos pais do Michael.
Vejam a roupa que eles usaram ONTEM, e compare com as roupas que eles usaram, nas audiências anteriores do Julgamento de Michael:






E ontem..

A MESMA ROUPA!
Nós já sabemos que Dona Katherine, vive repetindo essa roupa..
E o Joe não muda a gravata.
A mesma roupa que foi usada, no último Julgamento de Michael em 2005
Já postei isso aqui.
Isso também é coincidência? rs

Acho que eles querem nos levar ao
“passado”, e lembrar do Julgamento do Michael. Não é a primeira roupa,
que Dona Katherina repete daquele dia. (minha opinião)

E o interessante é a matéria, que a TMZ fez sobre as roupas da família do Michael:




O Relatório Preliminar, da Moda de Michael Jackson




“O clã Jackson transformou o dia 2, da audiência preliminar de Conrad Murray, em um desfile de alta costura” (By Tmz)

Ironia ou hipocrisia?

A mesma roupa, putz!

Senti um tom de “sarcasmo”, vindo da TMZ..

Voltando ao Murray…

Me permite algo?

Por favor, leiam DE NOVO a carta que ele escreveu no dia 15 de Junho, dizendo aos pacientes e amigos, que iria parar de trabalhar por um tempo. Ele definiu a sua ausência, como uma “oportunidade”:



Expandir esta imagemReduzir esta imagem Ver em tamanho real


“15 de Junho de 2009:

Caros Amigos e Pacientes
Por causa de oportunidade na minha vida. Eu tive que tomar uma decisão mais difícil, de deixar a prática indefinida de medicina.
Ao longo dos anos, vim a conhecê-lo tanto como pacientes e como amigos.
Foi mais agradável fornecer a você com o estado da arte, cuidados de
qualidade e ter a sua confiança.
Embora a estrada varia de
indivíduo para indivíduo, o desafio foi realizado com profundidade e
preocupação com cada um de vocês, e para a maioria que passou fomos bem sucedidos.
Por causa da minha preocupação constante com a sua saúde, a minha
missão neste momento é encontrar um substituto adequado, que irá
continuar a minha prática (Associação Global Cardiovasculares),
dando-lhe a oportunidade de continuar seu tratamento conosco, ou onde
quer que você escolher.
Na minha ausência, vou continuar a gerir a prática, e se envolver tanto quanto possível, mas será a distância.
Em nome da minha família e
minha equipe, eu gostaria de declarar o quanto eu tenho apreciado você, e
como eu tenho. Estou profundamente triste por deixá-lo neste momento,
mas por favor, sei que minha ausência não é permanente. Eu desejo a cada um de vocês, que continuem com a saúde, prosperidade, sucesso e paz.
Obrigado
Sinceramente, Conrad Murray”


Coincidência também ele se despedir dos pacientes, e menos de 1 mês ser acusado da morte de Michael Jackson?
Consideram o HOAX DEATH, please..
E para fechar com chave de ouro, quero dar destaque ao que Teddy Riley disse ontem em seu twitter:

“2011 é incrível, mas o melhor ainda está por vir”



“ Eu espero que todos tenham tido umas férias maravilhosas. Agora é hora de agitar!”
“Vocês estiveram lá por muito tempo, e eu sei que ele está olhando”



Michael disse sobre This is it: “Na minha humilde opinião, o melhor ainda está por vir”
Will you be there – Você estará lá?
Teddy disse para Oprah: “Ele está assistindo agora, e ele está rindo..”
WTF! Ele está falando do Michael..

E o interessante é que ele fala isso, enquanto do outro lado a família está acompanhando caso de Murray.

Outra contradição! E o outro lado da moeda..

Intrigante, não?

E
lembre-se: Michael Jackson está teoricamente morto, e nada irá mudar
isso. Se fosse para parecer que ele está vivo, as coisas seriam
diferentes. Leiam as coisas “entrelinhas”, questionem, lembrem,
perguntem e pesquisem. Já sabemos que Michael morreu devido a um grande
motivo, e se fosse por “diversão”, ele já teria voltado. Enquanto ele
estiver sob proteção policial, ele estará em segurança.

Próximo capítulo?

Michael is alive!
Fonte:Mulheres Luxo



Me acorde, quando o mundo parar de girar?

Me acorde, quando chegarmos ao hospício?

ME ACORDE MICHAEL!!

Por que as pessoas têm a dificuldade, em ver o que é ÓBVIO? Seria porque, é óbvio?

Tem sentido..

Porque é ÓBVIO que temos uma HOAX DEATH aqui!

Por que as pessoas têm medo de acreditar nisso? Porque elas têm medo do óbvio?

Vou refletir..

[...]

O nosso foco hoje é DIANA ROSS!

Sim, a tal sumida Diana Ross…

Muitas vezes eu me perguntei:

- Onde está Diana Ross?

Ela e Michael supostamente viveram
mais do que uma “amizade”, e quando vemos imagens antigas dos dois
juntos, vemos no olhar do Michael a “admiração”, e amor que ele sentia
por ela, e vice e versa.


A questão aqui não é o “quase-namoro” dos dois, mas sim a AMIZADE!

Diana Ross é uma das melhores amigas de Michael, e muitas vezes foi definida como sua “mãe” de aluguel.

Michael cansou de dizer o quanto a
admirava, e o quanto ela era sua grande amiga, e Diana por sua vez
denotava carinho, respeito e amizade sincera pelo pequeno Michael.


Michael morreu, e não vimos Diana
nem no velório, e muito menos no enterro do seu melhor amigo. Elizabeth
Taylor estava lá, mas e a Diana Ross?


Logo após a morte de Michael, nos
deparamos com a presença de Diana Ross no testamento de Michael, que
inclusive deixou a guarda dos filhos com ela, caso a mãe dele morresse.


Michael não deixou a guarda dos seus filhos nem para Janet Jackson, La Toya, e nem para o próprio pai.

Michael deixou os filhos com Diana Ross..

Mas cade Diana Ross? A melhor amiga de Michael, preferiu o silêncio..

Ela não fez nenhuma pronuncia
pública sobre Michael, e muito menos sobre a sua presença no Testamento
do cantor. Diana não disse NADA, e simplesmente SUMIU!


Nem por consideração, ela fez qualquer manifestação..
Ela fez sim uma pequena homenagem em um dos seus shows, mas isso
foi 1 ano após a morte de Michael. Porque durante 1 ano, Diana Ross
ficou no “silêncio”.

OK!

Não estou questionando o comportamento dela, até porque sei que é uma boa pessoa.

Então, onde estou querendo chegar?
Hmmmm..
Diana Ross em 2005 fez uma turnê, cujo o nome era “This is it”:


 
Coincidência?
No final do post você me responde..
A turnê “This is it” de Diana Ross teve uma ÚNICA apresentação, e aconteceu no dia 26 de Junho de 2005.



Leiam o print abaixo, isso foi tirado do Site de Diana Ross:

“Em
26 de junho de 2005, às 21:00, um primeiro e único concerto de Diana
Ross, está a ser encenado, pela Câmara Municipal de Nicósia e Produções
Galaxias, que assumiram a organização do concerto em Chipre. O “This is
it” Diana Ross European Tour 2005, deixa uma marca honrosa no Mapa de
Chipre, e uma importante conquista para a empresa de produção”





O show aconteceu 26 de Junho de 2005?
OMG!
Michael morreu dia 25 de Junho, e a sua turnê se chamaria “This is it”..
O ano da turnê foi 2005 = 2+5 = 7


Outra coincidência?
Vejam aqui o banner de divulgação da turnê:


HAH!

O melhor vem agora, porque no dia 22 de Junho de 1996, o irmão de Diana Ross e a sua cunhada, foram encontrados MORTOS!

morto? #tensoooo..

WTF!

Obs: o irmão de Diana Ross foi assassinato!

E o que estão dizendo por ai do Michael? Que Michael foi “assassinado”!

Acham tenebroso isso? Já estudaram a data da morte do Elvis? hehehe



22 de Junho???
Coincidência também?
(silêncio, como Diana Ross)

“Durante o fim de semana de 22/23 de
Junho de 1996, a polícia encontrou os corpos em decomposição de Ross e
sua esposa Patricia Ann Robinson, em um porão dentro de casa. Os dois
teriam sido amarrados, amordaçados e morreram por asfixia. Estima-se que
os corpos foram deixados no porão, por mais de uma semana. A data
oficial da morte foi 30 de maio de 1996.

Ele tinha sido programado para aparecer em um tribunal de Detroit em 26 de
junho de 1996, na audiência de três acusações de posse de substância
controlada”

“em 26 de junho de 1996, era para Arthur comparecer a uma audiência de acusação de posse de drogas”





26 de Junho = Turnê THIS IS IT, de Diana Ross

Lembram do grupo CSD, que regravou “I Wanna Be Where You Are”, do Michael? Essa música foi escrita por Arthur “T-Boy” Ross, o irmão de Diana Ross que foi encontrado morto.

Ele morreu em um assalto, que supostamente teria tido como causa o uso de drogas.

Obs: Diana Ross não compareceu ao velório do irmão, assim como também não compareceu ao velório do Michael.
“Assim como DEUS eu não jogo dados, e não acredito em coincidências” (V de Vingança).



Seria essa a explicação de Diana
Ross estar no testamento de Michael, e supostamente ter sumido? Não
estou afirmando nada, apenas pensando nas coisas..

E já foi relatado que o testamento é falso!
Some tudo que já temos até hoje, e me responda sinceramente:
- Acha mesmo que isso, é OUTRA COINCIDÊNCIA?
Eu não acho.
Gosto de apostar alto, por algo que vale a pena arriscar..
This is it, This is Diana Ross, This is is, This is Diana Ross..
Michael is alive!

Fonte:Mulheres Luxo

resumo dos três primeiros dias




http://www.justice4michaeljackson.com/day03.php

primeiro dia



Hoje
foi o primeiro dia da audiência preliminar. Katherine Jackson, LaToya e
Jackie estavam lá para representa Jackson. Não estavam fora do tribunal
VÁRIOS fãs esperando para ver se eles conseguiram entrar no tribunal.
Havia um sorteio para os fãs de The Havia cinco assentos disponíveis
apenas. Os ingressos felizmente fomos para nossos amigos de Los Angeles.

Finalmente
chegou a hora de fazer a bola rolar ... O Ministério Público começou
com a criação das suas caixa. Theys o juiz disse que o fundador:
• Conrad Murray Esperei, pelo menos, meia hora depois de ele encontrou Michael Jackson antes de pedir ajuda.
• Conrad Murray fez "The Wrong Way CPR, com uma mão em suas costas.
• Conrad Murray seguranças Disse para limpar o quarto para que ele pudesse "livrar-se das provas.
• Conrad Murray voluntária e conscientemente não disse nada sobre a medicação que ele deu a Michael.
• Michael já estava morto quando chegou EMT Conrad Murray gol anulado quando eles queriam chamá-lo.


Kenny Ortega
A
primeira testemunha a tomar o stand foi Kenny Ortega. Um amigo de longa
data de Michael e do produtor de "É isso aí." Kenny Ortega testemunhou
Coisas O SEGUINTE:
• Em 19 de junho de 2009 Michael não estava se
sentindo bem. Ele foi calafrios e HAVING. Isso preocupou Ambos Kenny
Ortega e Michael Michael porque não podia dizer que estava errado com
ele.
• Kenny Ortega que Michael Perguntado se ele queria ir em frente
rehearsels com esse dia e Michael Kenny Ortega, disse no N / Michael se
sente em casa.
• Conrad Murray estava zangado com Kenny Ortega e
atacou-o que não havia nada de errado com Michael. Conrad Murray Kenny
Ortega contou que não era até Kenny dizer ao Michael para ir para casa
para não se sentir bem.
• Como Kenny Ortega estava preocupado com
Michael, houve uma reunião com várias pessoas para falar sobre isso.
Michael estava envolvido nesta reunião.
• 23 de junho e 25 de junho
Michael estava de volta na pista de novo e ensaiando. Ele olhou bem e
todo mundo ficou impressionado com a rehearsels. Lá onde, na opinião de
Ortega não há sinais nesse ponto que era a saúde de Michael em perigo.
• Kenny Ortega foi perguntado se ele já conversou com Michael sobre Saúde Karen Faye .. A resposta foi um sonoro e claro NÃO.


Amir Williams Michael
A
próxima testemunha a depor WS Amir Michael Williams. Ele era assistente
pessoal de Michael Jackson. Michael Amir Williams testemunhou Coisas O
SEGUINTE:
• Conrad Murray já estava na casa em Carolwood Drive Quando
Michael voltou para casa de rehearsels esse dia. Amir Miguel e driver
Michael Murray Ambos vi o carro na frente da casa de Michael.
• Em 12,13 Michael Amir Williams recebeu uma mensagem de voz de Conrad Murray dizendo-lhe para ir à casa de Michael.
Amir
Williams • Michael Conrad Murray Chamado de volta para descobrir que
estava errado. Conrad Michael Murray atacou que teve uma reação alérgica
a medicamentos que dão Conrad Murray e Michael estava em perigo.
• Michael Amir Williams foram para a casa de Michael e do Cheff Chase Kay abriu a porta.
• De acordo com Michael Amir Williams Conrad Murray estava todo suado, a respiração pesada e clara "em pânico.
Williams Amir • Michael era o único que abriu as portas para o de EMT.
• Os filhos de Michael em um Saíram de carro para "ir para o hospital onde estava seu pai.

Médicos em O Told hospital que o Michael adultos tinha ido embora e que
trouxe para Michael era um quarto privado. Theys Alguém precisava dizer
aos miúdos o que estava acontecendo com o seu pai.
• Frank Dileo é quem disse que o pai de suas crianças morreram de ataque cardíaco.
• Quando Conrad Murray Heard O que Frank Dileo disse às crianças Conrad Murray ficou irritado.

Virou Conrad Murray para Michael Williams Amir dizendo que precisava
voltar para a casa para se livrar de Michael Certamente algum creme não
queria ser encontrada.
• Michael Amir Williams achei estranho isso porque não havia creme.

Michael Amir Williams inventou uma história e Conrad Murray disse que
não tinha as chaves para a casa, porque in necessárias polícia.

Conrad Murray esquerda que o Amir Hospital Williams e Michael Michaels
Chamado para casa dizendo o pessoal de sair de casa e trancá-lo para
baixo.


O guarda-costas Faheem Muhammad:
A terceira testemunha de hoje foi um dos guarda-costas de Michael Jackson, Faheem Muhammad. Ele testemunhou Coisas O SEGUINTE:
• Quando ele chegou no quarto de Michael, Michael estava no chão quarto com os olhos abertos.

Conrad Murray também estava no quarto de Michael. Ele sentou no chão,
chorando e implorando era se alguém sabia como fazer CPR.
• Em um
ponto O Guarda-Costas olhou para cima e percebeu o príncipe estava de pé
na porta se abrindo e WHAS Paris de joelhos no corredor e chorando.
• Chamado de O Guarda-Costas ea babá pediu-lhe para tirar as crianças de lá e verifique se as crianças estavam em um carro.

Depois de Michael foi declarado morto no hospital Conrad Murray Faheem
dito que estava com fome e queria ir embora. Faheem Conrad Murray disse
para comer algo no O objetivo Conrad Murray saiu do hospital O Hospital
de qualquer maneira.


É Januari A quinta audiência
prosseguirá. Uma das testemunhas a ser chamado para o stand vai ser
guarda-costas Alvarez fez a chamada 911 Quem. Curta início da sessão, às
9h30 de Los Angeles Time (cerca de 18,30 CET / 17,30 GMT)
.............................................................


segundo dia

http://www.justice4michaeljackson.com/day02.php





Hoje
foi o segundo dia pour la eliminatórias. Para muitos que eram
seguidores de fãs são os meios de comunicação autres OU ustream Foi
muito duro dia para ouvir o que deu tudo em uma pequena hoje. Não
devemos contudo esquecer que deve ser ainda mais difícil para as pessoas
que realmente estão dentro do tribunal porque hoje foi ainda mais
difícil para muitos deles, que ontem, expecially para a família de
Michael.

Joe, Katherine, Janet, La Toya, Rebbie e Randy Jackson são hoje em dia curto para representar a família.

Queremos
dizer novamente onças um grande obrigado também a fãs dentro do
tribunal que nos manter postado assim que nós podemos dizer o que
realmente está acontecendo lá dentro.

Alberto Alvarez:
Alberto
Alverez, O Guarda-Costas que 911 Chamado testemunhou. Ele estava muito
emocionado Quando Ele estava no posto. Enquanto ele deu seu testemonie
Sra. Jackson e os fãs estavam chorando, há algumas que repórteres evento
remarcados para a mídia estava chorando também. Ele falou sobre as
coisas O SEGUINTE:
• Quando Alberto deu a volta 00:17 viu Conrad
Murray era corredor em cima da pendurado sobre um corrimão, nesse ponto
não foi Conrad Murray no quarto Michaels para cuidar de Michael.

Quando eles entraram no quarto Conrad Murray Interpretada CPR é Michael
na cama com uma mão em suas costas. parte inferior do corpo de Michael
nu foi naquela época porque Michael tinha um cateter.
• Quando a sala de Alberto Alverez Came Into Michael viu Michael imóvel, com seus olhos e boca aberta.
• Michael Conrad Murray disse Alvarez teve uma reacção alérgica.
• Ordenado Conrad Murray Alberto Alvarez para coletar garrafas de quarto de Michael

Conrad Murray Alberto Alvarez condenada a retirar o saco IV substância
branca leitosa com um a partir do stand IV e colocar tudo em um saco de
lona marrom
• Houve uma bolsa de soro segundo e Conrad Murray Alberto Alvarez ordens para deixar que Alone
• Ordenado Conrad Murray Alberto Alvarez de colocar todos os itens coletados em uma bolsa Antes de chamar o 911
• Conrad Murray não colocou o monitor do pulso de Michael até pouco antes da EMT chegou

Deu Michael Conrad Murray boca em boca ... Ele disse Alberto Alvarez
Nunca fiz isso antes que ele e que ele fez isso porque Michael estava
Seus Amigos
• Paris e Prince estavam observando de uma porta do
quarto enquanto Conrad Murray DID CPR é Michael. Que Paris por seu pai
começou a "gritar e chorar.
• Conrad Murray disse para levar as
crianças para fora e não deixá-los ver seu pai como este. Alberto
Alverez Voltada para as crianças e lhes pediu para sair da sala e por
favor lhes disse para não se preocupar com eles tomariam conta de seu
pai.
• Alberto Alvaraz Admitido exame durante cruzada pelo advogado
de Conrad Murray, Ed Chernoff que Ele nunca disse à polícia que Conrad
Murray HIM condenada a retirar a garrafa.


Kai Chase
Cheff
Chase Kai entrou no Stand. Kai Chase foi Cheff Michael enquanto ele
estava ensaiando para o "This Is It" mostra. Ela deveria ir para
Londres. Ela falou sobre as coisas O SEGUINTE:

• O Cheff disse Michael foi um ano extreem dieta saudável.

O Told Cheff thats a casa de Jackson era normalmente uma casa feliz de
que havia algo diferente em Junho Algo, 25 simplesmente não se sentir
bem.
• Segundo o Cheff Conrad Murray estava muito ansioso esse dia,
seus olhos estavam Ele foi ampliado e gritando, como se fosse Ele foi
panicing.
• Foi muito claro para o Cheff que havia algum tipo de emergência quando a empregada começou a "chorar.

Conrad Murray Convocado para o príncipe ... O Príncipe Ela disse que
deveria "ir porque pensei que poderia haver algo errado com seu pai.

Kai toscana feijão branco Sopa Chase Preparado para o MJ e Murray na
noite anterior para a comida estava intacta parado há na manhã seguinte,
quando ela chegou.


Richard Senneff
Richard Senneff é um dos paramédicos que tomou a posição hoje. As coisas seguinte, ele disse durante Testemunhos da história:

• Os paramédicos chegaram na casa de Michael 4 minutos após a chamada 911 foi feito.

Quando os paramédicos viu Michael folheto ELES Michael era muito balde,
seus olhos estavam dilatados eram alunos e aberto e seco. Michaels mãos
e pés eram azuis. All These Things That Michael indicado foi morto.

disse acreditar Senneff Richard Conrad Murray deve ter pelo menos 20
minutos aguardado antes, foi chamado desde 911 Michael é baseado.
• Michael Theys poderia ser um monitor cardíaco para ele e havia uma flatline completa.
Paramédicos
• ficava perguntando quanto tempo como este e Michael estava de acordo
com in O paramédico Conrad Murray disse "apenas aconteceu.
aussi • Os
paramédicos repeadetly Perguntado sobre o que aconteceu ... Conrad
Murray continuou dizendo que não sabia. Ele tinha apenas Tratar Michael
para a desidratação.
Paramédicos • Feltros da Conrad Murray Iniciar
That Was não dizer a verdade sobre o que aconteceu e quanto tempo
Michael estava no estado que eu encontrei ele quando entrou no quarto
Logo
• Depois de os paramédicos ligado o monitor cardíaco Dão Michael
medicação para a primeira vez. This Was mento para reativar o coração de
Michael novamente.
• Quando a primeira rodada da medicação não obter resultados Os paramédicos intubados Michael

Quando Richard Conrad Murray Senneff Questionado sobre que tipo de
medicação que ele deu a Michael Conrad Michael Murray, primeiro negou
que tem alguma medicação ... O depois de repetir uma pergunta sobre um
par de vezes a medicação Conrad Murray disse Os paramédicos só sobre o
Lorazapam (Ativan).
• Conrad Murray não mencionou onça Propofol aos paramédicos.
• Um dos advogados da Conrad Murray, o Sr. Michael Lowe Chamado vezes drugaddict várias vezes durante interrogatório

A defesa perguntou se a paramédicos não queria salvar Michael porque
ele era um drugaddict e se fosse esse o motivo pelo qual queria chamá-lo
à cena.
• O aussi advogado de defesa perguntou se era Isso é verdade
os paramédicos não queria levar o Michael para o hospital porque
hospitais não têm pessoal suficiente e tratamento seria a expencive.
Richard Chenneff contada advogado, ele nem sabia como responder à
pergunta Isso porque ele nunca ouviu tal coisa ridícula.
• O aussi
defesa afirmou que não foi possível pour la paramédico não saber o
paciente foi desenhos de Michael Jackson, ele deve ter visto pelo menos
uma foto de Michael, porque há To Have pico-para-muitos nunca viram um.

..................................................


terceiro dia

http://www.justice4michaeljackson.com/day01.php



Dia Januari 3 6, 2011

Martin Blount
Martin é o paramédico Blount segundo que está tomando a posição.

• Conrad Murray negado a este EMT que deu o Michael "algum tipo de droga
• Conrad Murray Martin Blount disse que ele só esperou um minuto depois de ele encontrou Michael antes que ele ligou para o 911
• O paramédico disse que não observar um Rythmn cardíaco viável.
• Ele viu Conrad Murray colocar garrafas em uma sacola.

Sr. Blount disse que ele e os paramédicos colegas se recusavam a usar
uma agulha hipodérmica que Murray Conrad queria 'em usá-lo Michael.
• Martin Blount disseram que fizeram Eles podem tudo "e ainda mais para tentar salvar Michael
• O paramédico O Tribunal Disse que havia em seu parecer n º SINAIS de abusos de drogas
• Quando os paramédicos Michael tem o que tinha em uma ambulância para esperar por ele para juntá-las

Quando Martin Blount olhou em volta para ver onde estava Ele Conrad
Murray Conrad Murray viu andando quarto de Michael Através do
bedroomwindow
• A defesa Questionado sobre se Martin Blount O colapso vão são o resultado de drogadicção e Martin respondeu que não.
Telefone da Empresa
Dois
trabalhadores que representam a empresa Phone testemunhou que nas horas
em torno da morte de Michael que Murray Conrad foi Texting e chamando
people.One das testemunhas foi Harry Daliwal, ano a AT & T gerente
da área (iPhone) e outra pessoa foi Jeff Strohm Quem trabalha para a
Sprint Nextel. .
• Conrad Murray havia utilizado dois celulares That Day, Ano I-Phone e um celular Sprint.
• Os registros mostram 26 atividades celulares 6h30 - 16:03.
• Theys Conrad Murray declara que jamais ligou para o 911
• Dois deles foram chamadas efectuadas às 12:03 e 12:04
• Conrad Murray sente aussi TextMessage às 12:15, 12:18 e às 12:53.
• Conrad Murray aussi Chamado Sua namorada Nicole Alvarez. O registro mostra que foi feito este apelo em 13:08
aussi
• Harry Daliwal disse que é possível recuperar o conteúdo de mensagens
de texto, mas isso não é Será que ele sabe como fazer isso.

Médico da UCLA
One
Of The Isso Ucla Levou os médicos estande foi Richelle Dr. Cooper, o
médico ER, e foi o médico Dr. outro que é um cardiologista Thao Nguyen.
Dr. Cooper

• O dr contactado EMT. Cooper às 12:57 para o conselho. Dr. Cooper além da permissão Deu paramédicos pronunciar MJ mortos.
• Na chegada Conrad Murray Os médicos falaram para não desistir no histórico do paciente

Dr. Cooper declarou que era muito difícil obter informações sobre
Michael Murray, de Conrad. Dr. Cooper Conrad Murray seria contada na
carga durante o transporte.
• O Dr. Michael Cooper Told Tribunal foi DOA (morto na chegada) O objetivo é ainda trabalhou para Michael 1 hora e 26 minutos.
• Michael tinha um cateter do preservativo Quando Ele chegou ao hospital

dr.Cooper Conrad Murray disse que ele fez de feltro chegada do pulso,
no entanto ninguém Quem é Michael para o que se trabalhava era a cabo já
a sentir um pulso.
• Quando o dr. Perguntado Cooper Conrad Murray Conrad Murray que aconteceu atacou indo viu Michael em parada cardíaca.

Quando o dr. Questionado sobre Saúde Cooper Conrad Murray, Michael
disse ao médico no hospital não houve problemas de saúde e que ele
estava em boa saúde.
• Dr. Cooper perguntou o que deu a medicação Conrad Murray Conrad Murray admitiu dar Michael Lorazapam, Flomax e Valium.
Segundo
o Dr. Cooper • Existe um protocolo sobre o uso do propofol. Requer um
certo controlo deste protocolo para administrar propofol. Precisa haver o
equipamento disponível para o monitoramento das vias aéreas. Deve haver
um acompanhamento coração. Tem de haver um funcionário disponível como
seu único trabalho de acompanhamento da euqipment / paciente. Então isso
é o doente não morre
• Dr. WS Cooper perguntou se ela sabia que
Michael Conrad Murray propofol Gave. Ela disse ao curto Conrad Murray
não disse isso a ela.
• Dr. Cooper deixou muito claro que ela só Michael tratado de parada cardíaca.

Dr. Cooper foi perguntado quanto propofol ela daria a alguém com
Michaels peso (136 kg), ela disse ela iria A START curto com 60mg.

Quando lhe perguntaram o que uma dose de 25mg Será que ela não disse ao
tribunal que não duraria mais do que 25mg 5-10 minutos e uma dose de usa
em 20-30 minutos.
• Dr. Cooper Declarada todos aqueles que tipo diferente de drogas que foram dadas ao Michael, teve um efeito acumulativo.


Dr. Nguyen Thao

• Dr. Nguyen foi chamado para o Er pelo dr. Cooper

Quando o Dr. Nguyen Perguntado Conrad Murray O que o tempo teve uma
parada cardíaca Michael Conrad Murray disse a ela que não sabia, porque
ele não tinha um relógio.
• Dr. Nguyen Perguntado se ele deu Conrad Murray Michael "qualquer sedativo ou entorpecentes, Conrad Murray negou que ele fez".
• Quando o médico disse Murray foi questionado se propofol Tudo sobre dr. Nguyen respondeu que não.

Conrad Murray disse dr. Michael Nguyen que estava ficando pronto para
uma volta. Por causa de distúrbios do sono Conrad Murray disse que deu
Michael 4 miligramas de adavan (mirazapam) via IV.
• Conrad Murray poderia dizer o médico disse que tempo dar a medicação para Michael.
• Dr. Nguyen e Dr. Conrad Murray Nguyen acordada que tentar um balão e que não seria Se eles declararam Michael seria morto.




Um dos médicos disse que ela testemunhou Conrad Murray, que em nada a
quantidade de medicamentos que empregam Conrad Murray disse "que ele deu
a Michael iria resultar na morte de Michael, que segundo a £ 136 Doutor
ponderada.

Dan Myers
Dan Myers é um detetive que trabalha
para a polícia. Principalmente ele falou sobre a Conrad Murray fez
ligações telefônicas e recebidos durante esse fatídico dia.
• 7:01 am Chamado para Andrew Conrad Murray Butler, um paciente de Conrad Murray.

8:49 am Angeletti Guild, outro paciente da Conrad Murray Murray ligou
para perguntar sobre a nota recebida Murray ela dizendo que não estaria
em seu escritório.
• 9:23 am Conrad Murray BION Marissia, Ele é o pai de seus amigos.

10:22 am Conrad Murray recebeu um telefonema do Dr. Prechad. Ela disse
que foi Conrad Murray Conrad Com Um dos pacientes de Murray e está
pronto para executar um procedimento. Ela fez "necessidade de saber que
tipo de recepção medicação que foi paciente, e se ela deve" continuar a
medicação. Murray e Dr. Conrad Prechad Exame O cuidado para este
paciente em particular.
• 10:34 am Stacey Howell Ruggles, assistente
pessoal de Conrad Murray, foi chamado por Conrad Murray. Conrad Murray
Traitement Her To elaborar uma carta a respeito da próxima turnê Would
Have Michael em Londres.
• 11:07 am outra conversa com Howell Stacey Ruggles.
• 11:18 am Conrad Murray Chamado prática histórica em Las Vegas.
• 11:26 am Chamada de ouro para Morgan.
• Robert Russell Entre 11:26 e 11:51 Chamado Murray Conrad. Robert Conrad é um paciente de Murray.
• 11:51 am Ms Saday Adine era de ouro chamou Set. Este ano parece objeção a algum tipo de irrelevante conversa que tiveram.
• 12:12 Williams Amir foi chamado por Michael Conrad Murray.
• 01:08 Conrad Murray chamou sua namorada Nicole Alvarez.

Fonte:
Nazavip

5 de jan de 2011

Perai!!! Audiência?
Alguém viu uma audiência? Bem, eu não vi.
E muitas vezes olhei, parei, refleti e pensei:
- Por que eu estou vendo isso?

E ainda mais agora, que o argumento da defesa de Murray, é que Michael se matou.
É essa a estratégia de gênio, da defesa do médico tão competente?

É interessante notar que Murray, La Toya, Randy e Katherine apareceram, mas as demais testemunhas NÃO! Por onde elas entraram?

Segue abaixo, um breve resumo do que foi o dia “D”.

Antes de Murray ir para o
Julgamento, a TMZ flagrou o médico do Michael tomando café de manhã. E
olha o “deboche” da TMZ, refletido na matéria abaixo:




Dr.
Conrad Murray parou para tomar café da manhã, no centro de Los Angeles,
antes de ir ao tribunal hoje para o primeiro dia de sua audiência
preliminar, sobre caso de homicídio culposo de Michael Jackson.


Ele deve usar um livro para ele, para poder usar essa gravata”
A chegada da Família, ao Julgamento de Murray:






Obs: Dona Katherine está usando a MESMA ROUPA AZUL!

Again?

Isso parou de ser uma “perseguição”. Definitivamente não é normal, ela estar SEMPRE com a mesma ROUPA DE 2002!
De acordo com a TMZ, a família alegou que Michael sabia que ia ser assassinado:




A família de Michael Jackson, afirma que o cantor previu sua própria
morte pouco antes de morrer – diz TMZ, o Rei do Pop era paranóico, e
dizia que ele seria assassinado, por causa do seu catálogo da Sony
incrivelmente valioso.


A declaração é uma resposta à TMZ, rebatendo a defesa do Dr. Murray que
vai argumentar, dizendo que MJ acidentalmente se matou por
auto-injeção, de uma dose letal de Propofol.
Mas um representante da
família de Michael, nos disse que isso é “absolutamente envergonhada”
pela implicação de que MJ tirou a própria vida: “Michael não matou a si
mesmo”.
O representante acrescentou:
“O que é incrivelmente irônico é que Michael disse a sua mãe pouco
antes de morrer, que ele pensava que alguém ia matá-lo,

eles iam matá-lo para causa do seu catálogo.”


Nós já sabemos que Michael previu sua própria morte, e que o motivo de sua morte foi o seu catálogo dos Beatles.
Gambinos? Máfia? Mottola? Bode Expiatório?
Hmm..
O advogado que cuidou do caso de pedofilia, saiu em defesa de Michael. E disse que ele “não é um suicida”





Me permite abrir um “aspas”?

A mesma acusação foi feita, DEPOIS DA MORTE DE ELVIS! A defesa também disse, que Elvis teria se matado. #dica

Essa Teoria de que Michael se matou, é a estratégia mais inteligente da defesa do Murray?

OMG!
Guarda-costa de Michael, testemunha contra Murray:



Um
dos guarda-costas de Michael Jackson; Faheen Muhammad; testemunhou na
audiência preliminar da promotoria contra o médico do rei do pop, Conrad
Murray. Ele afirmou que estava no quarto de Michael, depois de o médico
ter percebido que o cantor não estava mais respirando.

Faheen
contou ao promotor que Murray estava de joelhos, fazendo compressões em
Michael em um estado de pânico, quando se virou para ele e para um
outro guarda-costas, e perguntou se algum deles sabia fazer
ressuscitação cardiopulmonar.

“Alguém na sala sabe fazer CPR? Faheem lembrou que Prince e
Paris estavam perto do quarto, e Paris estava em suas mãos e joelhos
chorando. A babá levou eles embora dali

O
guarda-costas disse ainda que depois que Michael foi declarado como
morto, Murray disse a ele que estava com fome e queria ir embora. Faheen
afirmou que disse ao médico que comesse no hospital, mas ele foi
embora. No entanto, ele admitiu que o médico conversou com a família
Jackson e com a polícia antes de partir. [...]

Oi?
Alguém na sala sabe fazer CPR?


Essa definitivamente é nova para mim!
Como que um cardiologista, me faz uma pergunta dessa?
Será que ele realmente acreditava, que alguém que estava presente sabia fazer uma ressuscitação cardiopulmonar?
Talvez Prince, fosse um ótimo voluntário para isso.
Falando em Prince..
Prince não estava dentro do quarto?
E o que a Paris está fazendo presente na cena? A presença dela NUNCA foi mencionada!
E como assim, que tinha 2 guarda-costa? Não tinha apenas um, que ligou para o 911?
Aliás, cade o cara que ligou para o 911? Ele é a principal testemunha! Cade ele?
MEU DEUS! Eles mudaram toda a cena..
[CONT..]
Kenny Ortega como testemunha:





Kenny Ortega
disse que em 19 de junho de 2009 – uma semana antes do MJ morreu –
Michael reclamou que estava com frio, que estava incapaz de ensaiar, e
assim teve os ensaios cancelados por dois dias.
No dia seguinte – 20 de
junho – uma reunião de emergência foi realizada na casa de Michael.
Kenny Ortega, junto com vários grandes cabeleiras da AEG, Michael, e
Conrad Murray estavam presentes. “Nós somos fomos informados que a
reunião foi intensa”, alta e argumentativa. Kenny disse que implorou
para Michael cuidar melhor de si mesmo, porque o passeio era iminente..
Ortega disse durante a
reunião, que o Dr. Murray disse algumas “coisas terríveis”, mostrando
uma falta de preocupação e respeito por Michael. Nossas fontes não quis
revelar detalhes, mas nos disseram que é “prejudicial” para Murray.
Fontes dizem que os ensaios
foram canceladas em 21 e 22 de Junho, para Michael poder recuperar sua
força. Ortega disse que Michael voltou a ensaiar nos dias 23 e 24 de
Junho, e que Michael fez uma reviravolta completa, atraindo os
dançarinos e outros presentes com seus movimentos, e cantando
perfeitamente.
[....]

Bem o “x” da questão que tanto falei:

- Como que Michael estava tão frágil, se um dia antes de morrer ele estava BEM?????

Contraditório, não?



Eu adoro uma contradição!

[CONT..]
Procurador diz: Michael já estava morto



O Procurador David Walgren começou a expor o caso contra Dr. Conrady Murray, dizendo em seu discurso de abertura, que Michael Jackson estava morto, antes mesmo dos paramédicos chegarem à sua casa.Walgren também disse ao juiz
Michael Pastor , que Murray tentou esconder o fato de ter administrado
propofol . “Desvio extremo do padrão de cuidado” , disse o procurador.
Walgren disse que a
evidência mostra, que Murray mandou uma escolta para ajudá-lo a limpar
provas, e esperou pelo menos 20 minutos antes de ligar para o 911. Uma
vez que Jackson foi levado para o hospital, Walgren disse que Murray
ainda não tinha contado a ninguém sobre o uso de Propofol.
Ele também apontou que Murray realizou CPR incorretamente – com uma mão em sua cama, ao invés de uma superfície dura. O advogado de Murray, Ed Chernoff, se recusou a fazer uma declaração de abertura”
[..]

Se Michael saiu morto, por que os paramédicos estava socorrendo ele na ambulância?

Um paramédico não sabe reconhecer, quando uma pessoa está morta?

Eles estavam socorrendo um MORTO?

Estavam ajudando Murray?
Socorrer um morto, é realmente algo “tenebroso”

Ok! E os paramédicos também serão investigados? (silêncio)

WTF!

Outra coisa: Murray limpou as
provas, e agora a justiça reconhece isso. Será que agora é possível
falar, sobre os frascos que Murray guardou no armário
?

Por que eles não falam sobre isso?

E como Brian Oxman disse: – A montagem da ambulância é FALSA!

[CONT..]

Bem como eu disse acima, eu fiquei monitorando a transmissão do Julgamento. Separei algumas coisinhas para vocês.

Primeiro: olha o deserto dessa audiência! Cade os fãs do Michael? Cade o resto da imprensa?

MEU DEUS! Michael é uma celebridade tão famosa, mas parece que as pessoas se esqueceram disso.

Cade os fãs?

A única presença de fã que vi, foi um sósia cantando e dançando “Beat It”.

E o melhor é que 90% do tempo da transmissão, nós vimos SOMENTE essa cena.

Ou seja: NADA!



Repararam no banner acima?

Isso me chamou muito atenção..

A câmera estava dando muita ênfase
nisso, e por isso fiquei ali olhando aquilo. Até que de repente tudo ”
fez sentido”, porque o cartaz se tratava de um banner, cujo o objetivo
era a DIVULGAÇÃO DE UM MÉDICO!


É isso mesmo: aquilo ali é uma PROPAGANDA!

E o suposto médico aproveitou o
momento, para vender o seu próprio peixe! Ele estava tentando vender o
seu livro, e inclusive foi filmado e entrevistado inúmeras vezes:




- Ironia ou propósito?

- Esperteza ou indireta?



Não deixa de ser “cômico”!

“Dr. Murray é um mau médico, então me contrata?”

hehehe

Como eu disse, a câmera era quase
imóvel. Até que de repente, surgiu esse cara na frente da tela. Ele
começou a dizer que comprou “tickets”, e que não sabia o que fazer com
eles, então o cara ao lado diz:


- E o que iremos fazer, quando ele voltar?

Eu não sei se isso representa algo, e
também não sei de quem se trata, mas cade a equipe da TMZ que não tirou
o cara da frente da tela
?



Por fim,

essa foi a audiência preliminar de Murray.

Tão vazia, incomum, simples, incompleta, contraditória e previsível!

É esperar para ver, o resto dessa “novela”..

Michael is alive!


Fonte:Mulheres Luxo