BLOGGER TEMPLATES AND Gaia Layouts »

5 de out de 2011




Boa Noite!

Como vai amados?

Desculpa a demora para realizar este post, mas estive um problema pessoal sério.

Eu estive acompanhando o sexto dia do Julgamento de Conrad Murray, e HOJE mais do que nunca não precisamos de muito esforço para ver o que está óbvio: uma encenação!

Como um passe de mágica agora Nicole Alvarez é definida como atriz, sendo que até ONTEM ninguém falava sobre isso. A garota realmente conseguiu ser a atração dia. Algo que definitivamente era o objetivo dela.

Quem acompanhou o Julgamento e a testemunha de Nicole Alvarez, não tem dúvidas sobre o seu show de caras e bocas, sobre suas respostas tão vazias, e sobre a sua tentativa em conseguir ser mais importante do que Michael Jackson

Tanto é que TMZ aproveitou o momento, para tirar “sarro” das poses e sorrisos de estrela de Nicole Alvarez:

“Pronta para seu close!

“Sexy”



A mãe do filho de Conrad Murray esteve enfrentando o seu maior teste hoje.

Nicole Alvarez – um ex-striper de Las Vegas, e que conheceu Murray em 2005 – abriu o seu grande sorriso durante seu depoimento

FONTE: TMZ

Desculpa, mas eu ri!

“A mãe do filho de Conrad Murray esteve enfrentando o seu maior teste hoje..”

= encenação 

TMZ, TMZ..sempre TMZ!

O que eu disse acima? Até ONTEM ninguém falava sobre a profissão de Nicole Alvarez, e agora ela aparece praticamente “encenando” diante das câmeras.

Ironia da TMZ?

Resposta errada!



Então vamos lá!

Afinal ter três namoradas, dar atenção para as três em um único dia, e ainda cuidar de Michael Jackson, não é para qualquer um. Você precisa ser Conrad Murray.

Stancey Ruggle: colega de Murray



A Corte Superior do condado de Los Angeles iniciou mais um dia do julgamento do Dr. Conrad Murray, no qual ele é acusado de homicídio culposo – quando não existe a intenção de matar – pela morte de Michael Jackson

A primeira testemunha a ser ouvida foi Stacey Ruggle, uma funcionária de um dos consultórios do médico particular de Michael. Ela trabalhou com ele em 1997 e confirmou que conversou com Dr. Conrad por cerca de oito minutos na manhã de 25 de junho de 2009, dia em que o cantor morreu.

[..]

Oh God!

Com quantas pessoas Murray falou no dia 25 de Junho de 2009?

É impressionante isso!

A mulher trabalhou com Murray em 1997, mas por “coincidência” ele ligou para ela justo no dia da morte de Michael?

Gosto de ver a seriedade no rosto das pessoas. 

Por que tão sério?

Mais uma amiga para ajudar a inocentar ele.

Michelle Bella: primeira namorada de Murray




A segunda a depor foi Michelle Bella, uma das mulheres que se envolveu com Dr. Conrad. Ea confirmou que o conheceu em um clube de Las Vegas e deu a ele seu número. Ela disse que mandou mensagens ao médico na manhã de 25 de Junho e que ele tinha deixado para ela uma mensagem de voz 9 dias antes da morte de Michael Jackson, se identificando como médico dele.

“No dia 25 eu mandei uma mensagem para ele perguntando ‘Oi, como vai?’ e ele retornou com uma ligação falando que estava tudo bem. Aí eu disse: ‘então deixa eu falar sobre o meu dia’ e contei a ele sobre o meu dia”, falou. “O Dr. Conrad Murray me deixou uma mensagem de voz 9 dias antes de Michael Jackson morrer. Ele se identificou na mensagem como o médico dele”, comunicou ao júri.

Outra que por “coincidência” ressurgiu das cinzas, e manda mensagem para Murray justo no dia 25 de Junho de 2009.

FOCO!

“…ele tinha deixado para ela uma mensagem de voz 9 dias antes da morte de Michael Jackson. No dia 25 eu mandei uma mensagem para ele perguntando “Oi, como vai?”

O médico de Michael Jackson está te “paquerando”, você deu seu número para ele, e espera 9 dias para responder o cara?

Responde justo no dia da morte de Michael.

Ai!

Sade Anding: segunda namorada de Murray




A terceira testemunha foi a garçonete Sade Anding, com quem Murray saia frequentemente. Em seu breve depoimento, ela contou que conversou com o médico ao celular no momento em que o músico começou a tossir no dia 25 de junho de 2009. Ela contou aos jurados que estava conversando normalmente com o médico antes da tosse e o barulho se intensificarem. A partir de então o médico não respondia mais ao diálogo.

Sade declarou que Murray ligou no dia 25 de junho de 2009 e, após uma troca de saudações, ela começou a contar como estava sendo seu dia, porém, o médico já tinha deixado de escutá-la.

“Ouvi ruídos, barulhos e tosse”, disse Sade, que após alguns minutos tentando falar com Murray, desistiu por não obter resposta.

A testemunha, que conheceu o médico quando trabalhava como camareira no Texas, informou que foi incapaz de identificar a origem dos sons do outro lado da linha, e se a tosse era do doutor ou de outra pessoa.

Segundo os analistas, o testemunho de Sade mostrou o momento em que Murray – que passava as noites na casa de Jackson, onde administrava seus medicamentos para dormir – percebeu pela primeira vez que seu paciente tinha problemas.

Entre a conversa de Murray com Sade e a ligação para os serviços de emergências efetuadas pelo guarda-costas do artista, Alberto Álvarez, passaram apenas 30 minutos.

“..passaram 30 minutos..”
Interessante..

Você sabe quantos minutos um médico tem, para salvar um paciente que está sofrendo parada cardiaca?

7 minutos!

Agora me acompanhe em um jogo de 7 erros?

12: 20 Alvarez ligou para o 911 certo?

Levando em consideração o tempo de “7 minutos” que uma pessoa resiste, e já que 12:20 ele ainda estava “vivo”, Michael teria começado a passar mau no horário de 11:13.

Caso contrário, Alvarez mentiu ao dizer que 12:20 ligou para o 911.

Consegue me acompanhar?

12:18 Alvarez disse que entrou no quarto, e viu que Murray estava socorrendo Michael, MAS tendo como base os “7 minutos”, Michael ainda teria apenas 2 minutos para ser socorrido antes de morreru

11:13 + 7 minutos = 12:20 (horário certo que ele deveria ter morrido)

12:20 ele liga para a ambulancia

É aqui que entra a contradição!

11:13 + 7 minutos = 12:20

Então no horário de 12:20 Michael Jackson já deveria estar morto, e sendo assim observamos o equívoco ao afirmarem que 12:20 eles estavam socorrendo Michael com ajuda do 911

1:07 ambulância sai da casa de Michael, e os paramédicos afirmaram que levaram 47 minutos tentando ressuscitar ele.

Impossível!

Um paciente que sofre parada cardíaca morre em 7 minutos, então se 12:20 + 47 minutos = 1:07 da tarde (horário que eles sairam), 12:20 Michael já estaria morto!

E se Michael não começou a passar mau 11:13?

Então eles estariam mentindo de qualquer jeito, pois se APÓS 12:20 o 911 chegou a casa de Michael, eles estariam se contradizendo ao dizer que socorreram ele por 47 minutos, pois se uma pessoa resiste 7 minutos, 47 minutos seria MUITO TEMPO de socorro! Entendeu? E eles afirma que Michael já estava morto..

Socorrendo um morto..

Entendeu? 

Todo mundo resolveu ligar para Murray no dia 25 de Junho de 2009!

Nicole Alvarez: terceira namorada de Murray (e também a nova estrela de Hollywood)



Nicole conheceu o médico no clube Crazy Horse de Las Vegas, onde ela era dançarina. Nesta época, Nicole passou a conviver com o medico em Los Angeles, quando Murray já era médico pessoal de Jackson.

Murray ligou para Nicole quando ele ainda estava na ambulância com Michael Jackson rumo ao hospital. Murray teria ligado para alertar sua “namorada” da situação, afirmando que “não havia motivos para se preocupar”, segundo disse a mulher.

Nicole também afirmou que tinha planos de viajar com Murray para Londres, onde o médico iria cuidar de Jackson durante a turnê “This Is It”, que seria iniciada em julho.

O médico, que pagava o aluguel de Nicole, também recebia os medicamentos de propofol para Jackson na mesma casa.

Nicole disse que no início do relacionamento, não sabia que Dr. Conrad era médico de Michael e ele fez uma grande surpresa dizendo que a apresentaria ao seu paciente.

“Na verdade eu fiquei surpresa quando ele me disse que me apresentaria a alguém e não disse quem era. Não pude acreditar que era o Michael Jackson”, disse ela. “Fui à casa do Michael Jackson e então ele me disse que aquele era seu paciente”, completou.

Ao ser questionada pela promotoria se ficou empolgada ao conhecer o cantor, ela respondeu que sim. “Michael Jackson conheceu meu filho depois que ele nasceu”, comentou. Ela disse também que só foi à mansão do músico na companhia de Dr. Conrad Murray.

A ex-namorada do médico não soube informar sobre valores contratuais entre Michael Jackson e Dr. Conrad, e falou que chegou a ver uma mensagm de um fax, mas não sabia o funcionamento da máquina, pois não era secretária e não sabia o funcionamento do aparelho, além de não se recordar do conteúdo.


FOCO AQUI!

Entretanto, segundo a promotora Deborah Brazil, em depoimento dado em 2009, Nicole disse que recebeu sim o fax do contrato de Murray com Michael Jackson no fax de sua casa, e ficou sabendo dos detalhes do contrato. A promotora foi bem categórica ao afirmar que ela estava sob juramento tanto em 2009 quanto nesta terça, fazendo com que a testemunha se embaraçasse.

“Faz algum tempo, de 2009 até hoje muita coisa passou e alguns detalhes ficam nublados”, afirmou Nicole Alvarez.

(risos)

“Nicole se contradiz, então a promotoria lembra que ela estava sob juramento tanto em 2009 quanto hoje..”

Então Nicole responde:

“Faz algum tempo, de 2009 até hoje muita coisa passou, ealguns detalhes ficam nublados”
Damn!

Como ela esquece de um conteúdo tão importante, e tem a cara de pau de afirmar isso em um Tribunal?

Ela realmente estava enfrentando o seu teste mais dificil 

E claro, ajudando a inocentar o ex namorado bonitão!

Aliás, se lembram dos pombinhos da praia? #reflita

[CONT..]

Nicole recebia encomendas do Dr. Murray

Nicole também confirmou que recebia pacotes e encomendas direcionadas a Conrad Murray em seu apartamento, em Santa Mônica. A promotoria mostrou seis recibos do Fed Ex de abril a junho de 2009 com seu nome e endereço, e ela reconheceu duas das assinaturas como suas. As outras, segundo a testemunha, poderiam ser de outros moradores, que deixavam o pacote em frente à porta de sua casa. Entretanto, Nicole disse que não sabia o conteúdo de tais encomendas e nunca abriu nenhuma delas, pois eram de seu namorado.

Ava!

Ela nunca abriu um pacote de Murray? Sei..

Eu realmente não entendi algo!

Se você recebe uma mercadoria que não é sua, o correio poderá por “engano” deixar na porta da sua casa, mas JAMAIS você receberá uma encomenda de outra pessoa, quando a encomenda exigiria a assinatura da pessoa para retirar

Entende?

Realmente não entendi a justifica de Nicole, ao afirmar que a assinatura que ela não reconheceu, se tratava de encomendas de terceiros na sua porta, quando na verdade ninguém recebe uma encomenda por “engano”, quando é necessário de sua assinatura.

Enfim,

A primeira assinatura é a dela, a segunda é de “alguém” que ela não sabe quem é.

Mas o mais “cômico” é que a assinatura que ela diz que não é dela, possui o nome dela ACIMA da onde foi assinado = mercadoria dela.

Sendo assim, como uma pessoa tira uma mercadoria tão importante em nome dela, e ela diz que se trata de mercadorias de vizinhos?

Que eu saiba é preciso apresentar documentos, para assinar e retirar uma encomenda tão importante.

Como que alguém “falsifica” a assinatura dela, e as pessoas agem como se isso fosse normal?



A testemunha ainda confirmou ter falado ao telefone com Conrad Murray às 13h08 (horário local) no dia da morte de Michael Jackson, pois o médico ligou a caminho do hospital, já após a crise cardiorrespiratória do cantor, para tranquilizá-la. Eles também se falaram três vezes entre 16h e 17h (horário local) do mesmo dia.

“Ligou para tranquilizá-la..”
Bem,

Se ele já estava morto, como Murray ligou para tranquilizar a namorada? Tinha algum motivo para estar calmo? Afinal, ele saiu morto da casa.

Nicole também disse que antes de Michael Jackson embarcar em turnê pela Europa, o médico tratava dele no período da noite, saindo de casa às 21 horas (horário local) e voltando apenas na manhã do dia seguinte.

Isso merece ser lido novamente:

“Michael demonstrou muito interesse em acompanhar a gravidez e os primeiros meses do filho de Nicole com o médico, segundo testemunho da atriz”

O que isso representa?

Que Murray é Michael tinham relações intimas!

Sendo assim,

Murray nunca teve a intenção de matar seu amigo.

Tim López: farmacêutico



Após descrever Murray como um mulherengo perante o júri, a acusação também chamou o farmacêutico Tim López, que fornecia propofol e benoquin ao médico. Segundo Lopez, benoquin é um creme para branquear a pele, geralmente usados em pessoas com vitiligo, uma doença que Michael Jackson sofria.

Tim Lopez afirmou que no total foram 255 frascos de propofol, 20 frascos de lorazepam e 60 ampolas de medazolam vendidos a Conrad Murray.

Ok!

Lembra do creme que Murray queria buscar, pois Michael não gostaria que o mundo descobrisse isso?

Seria o tal de Benoquin?

Não vejo outra lógica, já que a doença era algo frustrante para Michael.

Tendo como base é claro, de que Murray é “inocente”

Outra pérola da Tmz:

Conrad Murray diz: “Os promotores são desonestos”



Conrad Murray derramou a sua coragem para seu barbeiro no fim de semana, e reclamou do promotor em seu julgamento que intencionalmente tentou enganar o júri.

O barbeiro de Murray, Maurice de M Barbearia, disse para TMZ que Murray foi reclamar dos promotores sobre a chamar para o 911. Murray disse que pediu para o guarda-costas Alberto Alvarez, para chamar imediatamente o 911.

E sobre Alvarez, Murray está chateado com a acusação, ele disse que o guarda-costas levou os filhos de Michael para o quarto, e foi quando ele pediu para levar as crianças para baixo.

Murray disse ao seu barbeiro, que ele acha que os promotores estão mais interessados ​​na condenação dele do que na sua inocência.

E se você está se perguntando, o corte de Murray custou US 25 … e ele deixou como gorjeta U$ 5 dólares.

[..]

Pela primeira vez concordo com Murray!

Nós já sabemos que Alvarez mentiu, já que Willians disse que foi ele quem levou as crianças para baixo.

Aliás,

Qual deles está mentindo? Afinal, Willians disse Murray pediu para ele levar as crianças para baixo, enquanto Alvarez disse que Murray pediu para chamar as crianças, e agora o barbeiro diz que foi Alvarez que pegou as crianças?

Oi?

OH GOD!

Qta contradição! 

Enfim,

Com excessão da “encenação” de Nicole Alvarez, nada de tão importante foi revelado hoje.

Enfim,

Três namoradas e uma amiga antiga que ligaram “por coincidência” justo no dia 25 de Junho.

Murray é realmente um homem amado!

E disso ninguém tem dúvidas.

Não estamos perdidos. Ao contrário, venceremos se não tivermos desaprendido a aprender

Michael is alive! 

Fonte: Mulheres Luxo




Boa noite!

Como estão as coisas?

Sim eu sei, os nervos estão a flor da pele.

Mas para que sair da dança, antes mesmo de ter começado o show?

Repita que é sempre a sua vez de fazer a próxima jogada.

Se os fatos estão contra nós, pior para eles.

No final amores,

Tudo é questão de despertar a sua alma [...]

Hoje saiu por ai que o Julgamento de Conrad Murray irá durar quase o mês de Outubro.

É sério isso? 

Damn!

Se antes demorava para começar, agora vai demorar para terminar.

Gostaria de saber da onde eles irão tirar tanta testemunha, informações e etc.

Isso realmente vai nos cansar.

Acho que ninguém nesse mundo deseja mais ouvir essa sentenção do que eu .

Enfim,

Eu estive acompanhando o quinto dia do Julgamento de Murray, mas confesso que foi uma “perca de tempo”. Nada de rico e relevante. E eu estou até agora tentando entender o porquê provar que Murray tem dois celulares é importante. Quero dizer, que tem apenas um único celular hoje em dia? É tão “incomum”.

No post anterior eu falei para você, que um alarme disparou no Tribunal durante a sexta-feira. Lembra?

Fãs que acompanharam o Tribunal durante o dia inteiro, estão dizendo por ai que o alarme tocou 7x vezes durante o dia. #euri

Não posso afirmar que isso é verdade, mas o que eu sei é que o alarme realmente disparou. Eu ouvi, mas não estive o dia inteiro para saber se disparou ou não, durante 7 vezes.

Aliás, a quantidade aqui até se torna “irrelevante”, quando pensamos o porquê um alarme atrapalharia um Tribunal, sendo que em nenhum momento houve algo para ele disparar. #reflita

Ontem houve a estreia do espetáculo do Cirque du Soleil – Michael Jackson The Immortal World Tour, e a família esteve lá para conferir o show.

#Funny

Não sei como funciona o calendário do Cirque do Soleil, mas eles provavelmente realizam um planejamento antes de colocar um espetáculo no ar. Será que eles não pensaram ou consultaram a data, para não “bater” com o Julgamento de Murray?

E o mais “engraçado” é dia 8 de outubro que será o Tributo de Michael.

Vejam a felicidade da família na estreia do Cirque do Soleil:



Ou seja: Quem se importa com Murray?
Ninguém!

Ninguém se importa com Murray, mas isso não importa porque ele ama a si mesmo em abundância.

Sim eu estou ironica. 

Murray aproveitou a folguinha do Tribunal, para ir comprar a sua gravata para usar durante a semana:

Lembrei das inúmeras gravatas que tem aparecido por ai, e que tem trazido consigo girassol e etc.



E depois de comprar a sua gravata, já que ele não pode ficar feio diante das câmeras. Murray foi até o salão de beleza, e entregou o seu pé para a pedicure, enquanto fazia um olhar sexy para os parapazzi.





Desculpa de novo, mas isso é cômico!

Será que ele está preocupado? Me responda depois!

Ainda de manhã saiu uma matéria dizendo que Michael usava maconha, e que o FBI teria encontrado essa substância no quarto dele.

Lixo!

Na Rolling Stones saiu algo interessante. Um guarda-costa de Michael disse que ele acreditava que ia ser “morto encima do palco”.

Hmmm…isso me lembrou alguém.

Quem tinha o mesmo medo?

( ) Mussun ( ) Elvis Presley ( ) Chacrinha 

Desculpa!

Mas brincar é a condição fundamental para ser levado a sério.

Viu isso?

Loja de maconha medicinal nos EUA batiza droga de ‘Conrad Murray’
Segundo a TMZ, o dono faz piada com a morte de Michael Jackson dizendo: ‘coloca você para dormir … por muito tempo’

OMG!

Michael Jackson acreditava que ia ser “assassinado em palco”, diz guarda-costas
Michael Jackson estava convencido que ia ser “assassinado em palco”, disse um antigo guarda-costas do falecido rei da pop em entrevista à revista The People. O músico estava mesmo a considerar usar um fato à prova de bala nos concertos que o levariam de regresso aos espetáculos ao vivo na O2 Arena, em Londres.

Matt Fiddes, o guarda-costas, revelou também que Jackson usou um colete à prova de bala durante o julgamento referente ao caso de abuso sexual de menores, em 2005. Sobre as suspeitas de tentativas de assassinato nos concertos de Londres, o cantor terá dito a Fiddes: “Tenho medo de não conseguir dar estes concertos ou de ser assassinado em palco. Podes, por favor, garantir que os meus filhos ficam bem?”. ‘Temo não conseguir fazer essas apresentações ou ser assassinado no palco. Por favor, tome conta de minhas crianças”.

“Ele estava um caco”, continua o guarda-costas, antes de revelar que o músico teve de beber metade de uma garrafa de uísque para ganhar coragem de enfrentar a multidão durante a conferência de imprensa na qual anunciou os concertos de Londres. “Foi a sua primeira aparição em público depois de muitos anos afastado e acreditava que ia ser assassinado devido a tudo o que tinha sido dito de mal sobre ele no passado”.

O Rei do Pop temia ser assassinado enquanto estivesse no palco de sua turnê, This Is It, que nunca aconteceu. Matt Fiddes contou ainda que o músico planejava entrar em cena com um colete à prova de balas por baixo de suas roupas.

O segurança também revelou que o cantor estava bêbado durante a conferência para anunciar a turnê This Is It, em 2009. “Ele tinha botado na cabeça que alguém poderia atirar nele, então ele bebeu uísque, quase meia garrafa, para relaxar”, contou Fiddes. “Foi a primeira aparição pública dele em anos e ele acreditou que poderia ser assassinado por causa de sua má reputação no passado.”

[...]

Perai! Matt Fiddes não é o “amigo” de Tito, que por conta de uma divida, teve que leiloar a jaqueta de Elvis Presley?

(risos)

E como estão falando que é um guarda-costa de Michael?

Eu já falei sobre isso aqui:

“Irmão de 56 anos foi alegadamente forçados a leiloar o item após o ex-amigo Matt Fiddes entrar com um processo contra ele sobre um projeto de lei com 12.0000 dólares não pago.

Depois de Fiddes ganhar a ação, os oficiais de justiça foram enviados para recuperar o dinheiro Tito Jackson em Londres pelo agente Ron Winter, que está contestando a ordem”,

“Por causa da divida, o irmão de Michael Jackson teve que leiloar alguns objetos. Entre os bens incluem uma rara jaqueta de Elvis Presley, que foi um presente de Lisa Marie Presley..”

Eles adoram subestimam a nossa inteligência!

Quem está mentindo agora?

Hm…lembra da pergunta que eu fiz acima?

Não é novidades para nós que Michael tinha medo de ser morto, e isso já foi repetido inúmeras vezes pela família.

Agora,

O que você acha que Michael fez? Ficou esperando a “morte” chegar?

Ele deixaria os filhos sem proteção alguma, e pediria para um segurança cuidar?

Pense..

Vamos as testemunhas de hoje!

Richelle Cooper – médica do UCLA



Dr. Cooper disse que Jackson foi o primeiro paciente que ela já tinha tratado na sala de emergência, depois de ter recomendado aos paramédicos que parassem os esforços de ressuscitação. 

Ela disse que esta exceção não foi porque Jackson era uma celebridade, mas porque o paciente tinha um médico que não queria que eles desistissem.

De acordo com Cooper a tentativa de reanimação durou cerca de 1 hora. Ela diz que durante o socorro perguntou para Murray sobre os medicamentos usados em Michael, e afirma novamente que o médico nunca citou propofol.

FOCO AQUI!

De acordo com a Dr. Cooper, os 25 mg de propofol que foram dados ao Michael seria insuficiente para sedá-lo.

“Eu aplicaria 1 mg para cada quilo do paciente”, disse Dra. Cooper, que está habituada a trabalhar com a droga. “Se o paciente estivesse acordado e não tivesse tomado outro medicamento essa seria a dose para começar”.

“1mg para cada quilo do paciente..”
Quantos quilo Michael Jackson tem? Acho que tem 65KG, porque é óbvio que ele não tem 25 kg, afinal ele é um adulto e não uma criança.

Se Michael ele tem 65kg, Murray precisaria aplicar nele 65mg de propofol, pois de acordo com a médica ela usa 1mg para cada quilo do paciente

Sendo assim ela afirma com todas as letras:

“Os 25mg de propofol que foram dados para o Michael seria insuficiente para sedá-lo”

WTF!

O que eu disse acima?

É óbvio que ele não tem 25 kg, afinal ele é um adulto e não uma criança.

E ela afirma: “Os 25mg de propofol que foram dados para o Michael seria insuficiente para sedá-lo”

Com base nisso, alguém me explica como Michael morreu de abundância de propofol, se de acordo com ela foi usada uma baixa quantia nele?

Aliás, na autópsia saiu que ele tomou 100mg causando assim a morte.

Alguém me explica como Michael morreu de abundância de propofol, se de acordo com ela foi usada uma baixa quantia nele? +1



[CONT..]

Ela também explicou que usa o remédio como sedativo, não como hipnótico, para fazer o paciente dormir.

A médica também disse que achou estranho ver um cateter urinário em Michael Jackson, considerado por Dr. Murray como um homem jovem e saudável.

Ela ainda afirmou que nas conversas, sentiu que o médico não parecia mentir, mesmo afirmando que Michael havia apenas recebido lorazepam.

Segundo a Dra. Cooper, o cantor já chegou ao hospital morto e, apesar de diversas tentativas para reanimá-lo, não havia como mudar esse quadro.

Quando a promotoria perguntou se havia possibilidade de salvar Michael Jackson, Dr.a Cooper responder: “Se dr. Murray tivesse me falado os medicamentos que ministrou no paciente, teria uma grande chance de salvar-lo, achei que quando eu estava falando com Murray, eu estava obtendo respostas honestas e verdadeiras.”

Oi?

Ela de novo em contradição!

Primeiro ela disse que Michael chegou morto, e que era impossível salvar ele, e depois diz que se soubesse com o que estava lidando, ela teria conseguido salvar ele? Mas ele não tinha chegado sem vida?

OMG!

Dr. Cooper disse que a razão pela qual ela não assinou o atestato de óbito, é porque ela não sabia quem matou Michael Jackson, e para isso era necessário o legista assinar.

Embora nós sabemos quem assinou: La Toya

E claro que isso ninguém questiona.

Pode passar 10 anos, mas eu nunca vou entender isso.

[...]

Edward Dixon e Jeff Strohm:



O primeiro a testemunhar foi Edward Dixon, engenheiro da companhia telefônica AT&T. Dixon analisou os registros da AT&T mostrando as chamadas do o celular de Murray e também as movimentações da data do telefone, assim como internet móvel e mensagens de texto.

Em sequência, Jeff Strohm, responsável jurídico pela Sprint Nextel, outra operadora de telefonia móvel, também foi chamado para depôr, com o mesmo intuito de desbravar os registros do celular de Conrad Murray.

A promotoria tentou puxar ligações e uso de dados em horários relacionados à overdose de Michael Jackson, para tentar provar que Murray estava ao telefone nestes momentos, mas a defesa alegou que não era possível provar que era mesmo o médico que havia atendido às ligações, ou solicitado pelos dados enviados e recebidos.

(risos)

Devo confessar que foi ótima a estratégia da defesa, mas isso poderá mudar quando as três namoradas de Murray derem seus depoimentos amanhã.

Com tanta ligação assim conforme observado abaixo e umas com menos de 5 segundos de duração, é realmente dificil dar conta de três namoradas, e um paciente morrendo lado.

Então, ele teve que escolher! 



Thao Nguyen : cardiologista



A cardiologista que foi chamado na sala onde estava MJ, disse que Dr. Murray “não parecia ter qualquer noção de tempo.” Ela disse que Murray não conseguia se lembrar quando ele administrou Lorazepam, ou quando MJ parou de respirar, porque ele disse que não tinha um relógio na hora. Nguyen disse que Murray parecia “devastado” e “desesperado” quando ele pediu a ela para não desistir de salvar MJ. Ela disse que “não era um caso de pouco tarde demais”, mas sim uma caso de “tarde demais”. “Era tarde demais para salvar ele”, diz a cardiologista.

A cardiologista afirmou que eles fizeram o procedimento de “balão” no coração de Michael Jackson, para tentar reanimá-lo, por volta das 13h40 (horário local), pois Conrad Murray disse ter encontrado um pulso no corpo do cantor. Entretanto, os paramédicos já haviam o declarado sem pulso desde 12h30 (horário local), e a Dra. Richelle Cooper também não conseguiu pegar nenhuma pulsação em Jackson.

De acordo com Nguyen, o procedimento de balão seria a última tentativa de ressuscitação em Michael Jackson, e depois disso ele seria declarado morto.

[...]

Nada a declarar sobre isso.

Agora quero deixar um pouco a seriedade de lado, e falar sobre algo que realmente merece noss atenção: elefante!

De novo vemos o elefante no Tribunal:



Quem acompanhou o Julgamento, observou que a mulher que aparece ao lado do elefante, está quase se matando para não rir?

TMZ is back!

Tmz começou o dia “zombando” das faces do advogado de Murray, que não sabe se boceja, chora ou dorme:

(risos)



E foi olhando essa foto citada acima, que observamos algo por trás do advogado.

O que? O que? O que? 

Um bicho de pelúcia!

#nãosalvo



Eu pesquisei por ai, e achei como sendo o “Pantera cor de rosa”



Desculpa, mas eu não consigo levar isso a sério.

E a culpa não é minha!

Existem dois tipos de pessoas: as que sabem de tudo, e as que ignoram tudo

Qual delas é você?

Vai ignorar isso também?

Ria em abundância, pois a seriedade sempre foi uma característica dos impostores.

Michael is alive! 

Fonte: Mulheres Luxo