BLOGGER TEMPLATES AND Gaia Layouts »

24 de fev de 2011



Michael Jackson não
foi o primeiro paciente a morrer, enquanto estava aos cuidados de Dr.
Murray . Na verdade, aTMZ conseguiu com os investigadores de MJ, que
falaram com o filho de um paciente de Murray, que acusa o médico de
matar seu pai em uma cirurgia que deu errado.


Meses depois da morte de MJ, os detetives da LAPD falaram com Gerard Branco – cujo pai morreu seis dias depois que o Dr. Murray operou seu coração, em Las Vegas em 2007. White disse aos
investigadores, que Murray não apenas remendou a cirurgia e fez um
buraco no coração de seu pai, mas ele também não conseguiu reconhecer os
sinais óbvios de que seu paciente estava ferido mortalmente.
Gerard disse aos
investigadores que ele e sua família contrataram um advogado, para ir
atrás do Dr. Murray, mas não conseguiram encontrar um advogado que iria
pegar o caso, porque não havia dinheiro suficiente para isso ser feito.
Gerard também disse que
depois que seu pai morreu, Murray fez “exatamente o que ele está fazendo
no caso de Jackson”, porque ele nunca tentou falar com seus familiares
sobre a situação.
O representante de Murray contou a história de Gerard para a TMZ, é o “boato é totalmente infundado”.
O
representante acrescentou: “Murray tem seguro médico para ações
judiciais. Se um advogado Gerard Branco tivesse um caso, ele certamente
poderia ter pago isso. O fato de que Branco não conseguiu encontrar um
advogado para pegar o caso, me diz que White provavelmente não tinha
mérito. “

Vamos ao Jogo de 7 erros:

Primeiro: Isso já saiu na TMZ, um mês depois que Michael morreu. Sendo assim a matéria saiu em Julho de 2009, e por isso não é novidade.



“Dr.
Conrad Murray – o médico que estava na casa de Michael Jackson, o dia
que ele morreu , uma vez esteve sob investigação por uma suposta
cirurgia que deu errado.
Em 2007, o Dr. Murray drenou
o líquido do coração de um idoso de 67 anos de idade, em Las Vegas. O
paciente morreu após a cirurgia. Segundo o relatório do legista. sua
esposa foi informada por um dos documentos do coração do seu marido, que
ele foi perfurado durante o procedimento, assim ela se queixou ao
escritório do legista.
O relatório do inquérito
confirma que, durante a cirurgia do Dr. Murray, o paciente sofreu um
furo no ventrículo direito do coração, que finalmente foi listado como
uma das quatro causas de morte no relatório da autópsia.
Nós conversamos com a
família, que nos disseram que queriam arquivar um terno de malversação,
mas era muito caro para prosseguir com esse tipo de ação, pois requer o
depoimento de outro médico especialista, e isso custa muito dinheiro.
Ao todo, o processo mostrou muito trabalho e a família ficou em silêncio … até agora”

Na primeira matéria postada HOJE pela TMZ, saiu a seguinte declaração:
“Meses depois da morte de MJ, os detetives da LAPD falaram com Gerard White”



Como que eram “meses” depois da morte, se o mesmo paciente foi notícia 1 mês depois da morte de Michael?

#fail

Segundo: O último paciente de Murray chamava Robert Day, agora o paciente se chama Gerard White

Não acha parecido com nome fictício?

Por que não José Almeida, Felipe Olivera e etc?

NADA!

Os nomes do paciente do Murray são: Roberto DIA e Geraldo BRANCO.

Terceiro: Se Michael não foi o primeiro a morrer, por que Murray não foi Julgado?

O filho do paciente afirma, que não tinha dinheiro para procurar o Murray.

Ok! Mas nos EUA não existe defensor público?

Representante de Murray diz:
“O fato de Gerard não conseguir encontrar um advogado para pegar o caso, afirma que provavelmente ele não tinha mérito”


CONCORDO!

Por que ele nunca procurou um defensor público para processar Murray?
‘..mas não conseguiu encontrar um advogado para pegar o caso, porque não havia dinheiro suficiente”



Ou seja: o pai dele morreu em 2007, e só por causa da morte de Michael ele resolveu processar Murray?

Isso tem lógica?

Usar a falta de dinheiro como desculpa?

Se Michael não tivesse morrido, ele nunca ia processar Murray.
“Murray tem seguro médico para
ações judiciais. Se um advogado de Gerard tivesse aceitado o caso, ele
certamente poderia pagar isso”




Ou seja: não tem o porquê Murray fugir.

Concorda?

Nos EUA não existe defensor público? +1

Quarto: se a mesma matéria saiu em Julho de 2009, o que o FBI está esperando para ter usado o tal Gerald como testemunha?

Porque se o FBI interrogou ele, não entendi porque ele não foi usado como testemunha.

Afinal, ele não seria uma peça importante?

Quinto: Repararam uma coisa?

A TMZ apenas REPETIU a matéria de 2009.

#dica

Ou seja: essa matéria é uma informação de uma testemunha, que foi ignorada pelo FBI!

Até uma namorada de Murray que
surgiu do nada, foi interrogada pelo FBI. Mas o filho do paciente que
morreu nas mãos dele, não foi interrogado.


Outro erro…

Sexto: na primeira matéria a TMZ encerra com a seguinte frase:
O processo mostrou muito trabalho, e família preferiu ficar em silêncio … até agora”.



ATÉ AGORA?

O caso foi totalmente ignorado pelo FBI!

Porque se o FBI interrogou ele em 2009, não entendi porque ele não foi usado como testemunha. +1

#reflita

A melhor parte vem agora:

Sétimo: Conrad
Murray não poderia ter operado o pai desse cara, porque Dr. Murray é
cardiologista e não um cirurgião cardiologista. O máximo que ele poderia
ter feito era um procedimento endovascular, e assim não seria
considerado uma cirurgia


Ou seja: Murray não é cirurgião, mas mesmo assim ele fez a cirurgia.

Oi?

WTF!

Assim como Murray não é anestesista, mas estava ao lado do Michael..

E como que o FBI ignora isso?

O Hospital também vai ser
responsabilizado por autorizar ele fazer a cirurgia, ou Murray é tão
“BOM” que enganou a equipe médica e etc?


Bem se ele tivesse enganado, já teríamos mais de 9386346 mortes por ai.

Vou afirmar algo sério aqui: a
questão NÃO é a existência desse paciente fantasma, mas sim o absurdo de
erros que o FBI comete ao lado de Murray.


Não sei quem erra mais: FBI ou Murray.

Ou seja: se Murray não for preso, não tem MAIS o que questionar..Ok?

Mesmo que na primeira matéria o nome do familiar não é citado, por lógica se trata do mesmo paciente.

Ou temos 2 pacientes que morreram da
mesma causa, no mesmo local, no mesmo ano, por causa do mesmo médico, e
não contrataram um advogado pelo mesmo motivo e etc?


Resumindo o discurso: a TMZ repetiu
uma matéria com erros no texto, ou seja: essa notícia é velha. Sendo
velha e com base no que está escrito, o FBI deveria ter usado Robert
como testemunha, afinal ele foi interrogado. Algo que não aconteceu,
porque FBI esqueceu ele, e até a própria mãe de Robert virou cinzas.
Murray não teria como não ser processado porque isso além de ter sido
OUTRO erro médico, ele não tinha autorização e sabedoria para fazer uma
cirurgia, porque ele NÃO é cirurgião.


Data da matéria 7:8

Salmo 7:8

“O Senhor julga os povos; julga-me, Senhor, de acordo com a minha justiça e conforme a integridade que há em mim”
Agora me diz:

- Por que a TMZ repetiu o assunto?

#reflita

Michael is alive!


Fonte:Mulheres Luxo



Matéria da TMZ:

“A propriedade de Michael Jackson
já fez mais de 310 milhões dólares, desde MJ morreu em 2009. Isto de acordo com documentos legais obtidos pelo site da TMZ.

TMZ
obteve a primeira contabilidade onde os executores de MJ mostraram
exatamente a quantidade de dinheiro de Michael, desde quando ele faleceu
em 25 de junho de 2009, e quanto os proprietários tem feito. Os números são surpreendentes.

Segundo os documentos, MJ
tinha mais de US $ 400 milhões em diversas dívidas quando ele
morreu, mas a propriedade já fez mais de 310 milhões dólares desde
então.

Documentos mostram que os
executores já gastaram cerca de $ 159 mil para pagar dívidas diversas,
impostos e outras despesas, tais como o fornecimento de “suporte para a
Sra. Katherine Jackson e os filhos de Michael Jackson”.

A propriedade também pagou
para Katherine fazer “melhorias substanciais” para a propriedade da
família “Havenhurst’, no famoso em Encino na Califórnia.

Executores também desembolsaram dinheiro para “pagar a última doença, e as despesas com funeral.”
Além dos US $ 400 milhões em dívidas, a propriedade de MJ tinha US $ 40 milhões em passivos para a promotora de shows AEG decorrentes da “This Is It” tour, que MJ estaria ensaiando quando ele morreu.
Os documentos mostram que a
propriedade recebeu pedidos de mais de 65 credores, com algumas dívidas
provenientes de juros com taxas “extremamente altas”.

Os executores de MJ admite que a propriedade ainda enfrentam, várias ações judiciais em vários países.
Os executores também alegam
ter sucesso, reconstruído e melhorando a imagem de Michael Jackson,”
desde que foram habilitados para executar o imobiliário.


[..]

GREAT!
Eu simplesmente amei essa matéria.
Será que agora ficou claro, qual SEMPRE foi o papel de John Branca?
“..para Katherine fazer melhorias na propriedade da família..”


Ahãm..
Katherine se mudou para uma casa, enquanto a sua mansão passa por reformas.
Ou seja: ela está SIM recebendo assistência, e usando SIM o dinheiro do espólio.
“310 milhões dólares..”


OMG!
Michael realmente vale mais morto do que vivo.
Podia ser maior, se não tivessem prejudicado o cd.
MJ tinha US $ 40 milhões para a promotora de shows AEG, decorrentes de “This Is It”


Hm….
Eles estão pagando o prejuízo da AEG teve?
Interessante.
“Os executores também alegam ter sucesso, reconstruído e melhorando a imagem de Michael”


Muito bom!
Será que agora as pessoas percebem, qual é o papel de John Branca aqui? +1
Já afirmei isso tantas vezes, mas irei afirmar de novo:
- Eles NÃO têm acesso a dinheiro da herança
- Eles trabalham apenas para administrar e pagar as dívidas do Michael, (e o resultado disso está bem claro na matéria)
- A família pode entrar na Justiça, e exigir tirar esse poder das mãos deles, caso não estejam contente com os resultados. (algo que a família NUNCA fez)

- E para provar que estão trabalhando bem, os responsáveis precisam mostrar dados e lucros (Algo que também está MUITO CLARO na matéria).

Bem os fatos falam por si, e agora as pessoas podem refletir melhor.

#reflita
Michael is alive!

Fonte:Mulheres Luxo


Leia isso:

Exclusivo:
Michael Jackson, mesmo na morte, permanece no meio da corrente musical
em cadeiras de negócios, da indústria fonográfica em declínio.

Por
todos estes anos Michael é Mijac Publishing, que tem sido administrada
pela Warner Chappell, parte do que é agora Warner Music Group. Mijac
inclui não hits de Michael como: “Billie Jean” e “Beat It”, mas um vasto
número de hits, incluindo as de Ray Charles, Curtis Mayfield, e Sly and
the Family Stone.

Warner
Chappell não é de Mijac, mas não administra os direitos sobre ele, e
cobra taxas pesadas. Como a WMG vai para venda, e falando da Warner
Chappell que está sendo vendida, o Mijac pareceria como parte integrante
da sua história.

Mas
há um porém que eu posso revelar a você: Mijac vai deixar a Warner
Chappell, e vai se tornar parte da Sony / ATV Music Publishing, empresa
de propriedade de Michael Jackson e co-proprietária com a Sony, que
contém o catálogo dos Beatles.

Segundo
fontes, este arranjo foi escrito no contrato Mijac com Warner Chappell
anos atrás.E isso seria provocado pela liberação do próximo álbum de
Michael, neste caso o recente “Michael”, e o reembolso de empréstimos.


O movimento de Mijac para Sony / ATV é um grande negócio por muitas
razões. Com ambos os WMG e EMI Music para a venda, a Sony/ATV pode
chutar os pneus das divisões de cada empresa de publicação de compra,
mas a Warner Chappell poderia ser menos interessante para a Sony ATV
considerando que já está recebendo Mi Jac. E sem Mijac, a Warner
Chappell que só tinha um quarto para baixo pode não parecer tão boa,
para outros potenciais compradores.

O
que pode acontecer agora: o mais novo, e muito quente, BMG Music Rights
provavelmente vai fazer um jogo para a EMI Music Publishing. Warner
Music. A EMI Music, a gravadora, que tem os álbuns dos Beatles em seus
álbuns de catálogo, poderia então ser fundida com outra gravadora como a
Sony Music, ou, mais horripilante, a Warner Music. Fique atento.

[..]

Ok!
Sei que a maioria está confusa, mas vamos pensar juntos?
Antes de mais, isso é apenas a minha opinião. Não sou a dona da verdade.

Primeiro: é incrível que essa notícia saiu no mesmo dia, que saiu sobre os proprietários de Michael, onde faturaram 300 milhões após a sua morte.

Ou seja: John Branca está fazendo um bom trabalho.

E eu não acho isso uma coincidência. As batatas estão sendo jogadas, é preciso atenção para pegar elas.

NADA é por acaso, NADA!

Não sei se você leu a notícia
anterior, mas ali eles deixaram claro que os representantes do Espólio
de Michael, pagaram dividas assim como outros gastos dele.

FOCO: “Pagaram dívidas”


Vamos voltar no tempo, para deixar as coisas mais claras.

Sabemos que logo após a morte de
Michael, as músicas dele foram retiradas de sua casa pelas mãos de La
Toya, que foi vendidas para a Sony Music e viram o cd atual “Michael”.


Esquece toda a polêmica que o cd envolve, e se concentre nos “negócios”.
Branca disse que as músicas foram vendidas, para pagar as dívidas que Michael deixou, ok?
Foco, foco, foco no Michael e nas dívidas.

E supostamente existe um contrato
que Katherine está divulgando, onde diz que Michael tinha que pagar um
empréstimo, ou então perderia o catálogo dos Beatles.


O catálogo dos Beatles é a chave disso tudo, não podemos ignorar o quanto ele é importante aqui.

E sim, eu acredito que o catálogo é uma das maiores razões, dele ter forjado a morte.



Se lembra? Se Michael não fizesse os 50 shows, ele perderia o catálogo dos Beatles.
Voltando ao assunto de John Branca…

Ao que tudo indica a Mijac Publishing sempre perteceu ao Michael, epor alguma razão o Espólio foi criado para ser administrado pela Warner Chappell.

Afinal, Michael jamais deixaria o
seu maior bem, em uma empresa que não pertencesse a ele mesmo, ou se não
fosse extremamente confiável.


Isso é uma lógica!

Havia provavelmente uma cláusula que se Warner Music Group declarasse falência ou fosse vendida, o Mijac Publishing iria direto para a Sony / ATV Music, afinal a Warner não pode vender algo que não é dela.

É aqui entra o “x” da questão:

- Por que foi parar justo nas mãos da Sony, e por que outros compradores não compraram um bem tão cobiçado?

Na
cláusula com certeza estava escrito que se a Warner tivesse que ser
vendida, a primeira opção de comprador seria a Sony / ATV .

- Mas por que justo a Sony / ATV?




Você irá entender..

Nessa cláusula ainda dizia que essa mudança de Mijac Publishing para a Sony / ATV Music aconteceria, quando houvesse o lançamento de um novo cd do Michael. Ou seja: Sony lançou o cd do Michael 2010, e assim as músicas e catálogo irão direto para a Sony / ATV Music.

Acontece que as pessoas estão perdidas, porque não leram direito a matéria

Na matéria diz que o contrato sobre essa mudança foi feito anos atrás, sendo assim Michael Jackson ainda estava vivo.
Agora te pergunto:
- O próprio Michael não sabia disso?


CLARO QUE ELE SABIA!
Afinal, foi ele quem assinou o contrato.
Ele JAMAIS faria um contrato colocando o catágo como garantia, se ele não tivesse clareza sobre o que estava fazendo.
Estamos falando de Michael Jackson, ok?
O MITO!

Outra coisa importante que vale a pena destacar, e que faz TODA A DIFERENÇA, é que o próprio Michael dizia antes de morrer, que ia lançar um cd em 2010.Ele deixou claro isso, e ainda temos várias confirmações de amigos, produtores e etc. Inclusive Teddy Riley.
De novo pergunto:
- O próprio Michael não sabia disso?
Ele mesmo disse sobre o cd, então não tem o que questionar. É
completamente impossível ele não saber desse contrato, me desculpa.

Para fatos, não existe argumentos.

Então você concorda comigo que ele jamais lançaria um cd, sabendo que perderia o catálogo dos Beatles?
Isso é óbvio.


Conseguem me acompanhar?
A melhor parte vem agora, porque você irá entender o quanto Michael é INCRÍVEL!
Aliás me permite, se agora eu pedir para se lembrar do novo cd?
Sony / ATV Music é a empresa de propriedade de Michael Jackson, e co-proprietária com a Sony.



Ou seja: as músicas da Mijac Publishing estão indo para o próprio Michael. Seria como se Michael tivesse dando para ele mesmo o catálogo.
Existe diferença entre Sony e Sony / ATV Music, ok?

Sony/ATV é a união entre a Sony e a ATV Music, formando assim UM catálogo.
Preste atenção!

Ou
seja: as músicas da Mijac Publishing estão indo para o próprio Michael.
Seria como se Michael tivesse dando para ele mesmo o catálogo
+1


Entende agora porque ele colocou o próprio catálogo em risco? Simples, porque na verdade não estava com risco algum.

WTF!


Voltando a questão do fato do cd ter sido lançado, para pagar as dívidas do Michael.

Branca quando vendeu as músicas,
disse que cd o serviria para pagar as dívidas do Michael. E dai eis que
surge a polêmica, dizendo que o cd era falso.


Agora pensa comigo:

Se o objetivo de Michael era
recuperar o catálogo, e ele mesmo sabia que para fazer isso ele
precisaria lançar um cd. Se ele já tinha os planos para lançar um cd, se
ele conhecia a cláusula do contrato, e também estava lançando por
causa das dívidas. Qual é a lógica de lançar um CD FALSO
? Mais uma prova convicta, de que o cd é VERDADEIRO! Cujo o objetivo de lançar o cd foi apenas um: RECUPERAR O CATÁLOGO!

Afinal
o catálogo foi para a Sony ATV, e não para a Sony Music. Sendo assim
não tem lógica alguma achar que a Sony falsificaria esse cd, para
colocar as mãos no catálogo. Porque o catálogo foi para a SONY do
Michael, e não para a Sony “inimiga”. A Sony “inimiga” foi quem COMPROU
as músicas, apenas isso.

Outra prova de que o cd é VERDADEIRO!
Pense sobre isso!

John Branca deu como garantia o catálogo dos Beatles. Ou seja: se Michael não pagasse, ele perderia o catálogo.

Você não acha estranho esse contrato? Como que colocam um possível trabalho como isca, vindo de alguém que vive de música?

Eu vejo aqui um objetivo.

Michael sabia que o catálogo ia para
ele mesmo, e por isso colocou a Sony /ATV como a primeira compradora.
Foi por essa razão também que ele colocou um cd como a “armadilha”.


Pois vamos combinar, que colocar um cd como “veneno” é no minimo estranho.

Tudo planejado, arquitetado e pensado.

Lembre-se PLEASE:
“Eles me matariam por esse catálogo”


Liza Marie, La Toya, Joe, Janet e até o próprio Michael. Todos falaram isso: “Eles queriam o catálago, eles matariam pelo catálogo”.
Conseguem entender a situação? Isso não é por dinheiro, e sim por risco de vida.

Michael precisava pagar a suposta
dívida, ou ele perderia o seu bem precioso. Sendo assim ele fez esse
contrato colocando como condição o lançamento de um novo cd, e assim o
catálogo ia para a própria gravadora dele Sony / ATV.


De
forma mais simples meu caro, a mudança do catálogo para a Sony /ATV
denota que ele está saindo das dívidas, e isso fica mais claro quando
lembramos da notícia de manhã, que dizia que John Branca estava limpando a imagem de Michael, e pagando suas dívidas.


Sendo assim, Michael recuperando o catálogo não estaria mais com as possíveis dividas, que colocavam seu catálogo em risco.
Então ele quis unir o útil ao agradável, e colocou o cd como “isca”. Para não deixar de mimar os fãs.

E o que Michael ganha com isso?
A recuperação do catálogo, e assim o reembolso dos empréstimos.
E também…
ROYALTIES!



Pois ele ainda é o dono do catálogo.

Ele vai lucrar com os royalties das
próprias músicas, pagar a dívida que tinha como garantia o próprio
catálogo, e ainda por cima conseguir de volta o controle dos próprios
bens.

Ou seja: uma estratégia de gênio?
SIM!
Muito muito muito inteligente, como sempre.

É aqui que vejo o “objetivo” que citei acima. Um contrato tão estranho, passou a fazer sentido.

Se você me perguntar:
- Isto era algo, que estava COMBINADO com Branca anos atrás?
Eu diria que sim.

Branca vendeu as músicas, visando
que o catálogo ia direto para a Sony / ATV. Eu iria até mais longe, e
diria que o próprio Michael providenciou esse acordo original entre a
Sony e a ATC.

Ou traduzindo: um acordo entre ele e ele mesmo.

hehehe

Mijac Sony agora vai receber royalties em suas canções, e assim vai ganhar mais dinheiro do que apenas em um empréstimo (Sony).

Agora se a Sony comprou a Warner,
eles NÃO são donos das músicas Mijac, e devem pagar os royalties para o
Michael Jackson do mesmo jeito.


Michael ainda é dono das próprias músicas, e recolhe os direitos autorais da Sony (Warner).

Consegue entender de que qualquer forma, Michael está ganhando?

BUSINESS, baby!
É algo como:

Branca apenas representa o MJ, e nada mais que isso. Como ele está morto, alguém tem que falar por ele. Afinal, morto não fala.

Isso tudo têm assustado alguns fãs,
porque eles estão achando que Branca planejou tudo sabendo do contrato, e
assim vendeu de propósito as músicas para a Sony, para fazer MJ perder
o catálogo.


Elas
só estão esquecendo que O PRÓPRIO Michael antes de morrer, disse que
estava lançando um cd, e que o catálogo está indo para ele mesmo.


Como podem pensar que Branca está prejudicando Michael, se o catálogo está indo para o próprio Michael?

Oi?


No FINAL ele vai pagar a si mesmo,
vai ganhar mais dinheiro, vai pagar os empréstimos que tinha o catálogo
como garantia, volta a ter controle do próprio negócio, e ainda é dono
do catálogo dos Beatles.

OMG!
Não conseguem ver como as coisas estão se resolvendo?
Michael é um gênio, o maior artista do mundo!

Talvez esse seja o primeiro passo para um possível BAM, pois o catálogo era o foco disso tudo.

E como eu disse acima, o catálogo é um dos principais objetivos que fizeram ele forjar a morte.

Percebem a importância da recuperação desse catálogo?

BAM!
Resumindo:
Sony / ATV é o próprio Michael.


Nunca se esquecam disso.
Aliás, no final da matéria o jornalista brinca dizendo, que o a nova gravadora dos Beatles se chamará “Warner Music”.
Quem não sabe da História real, irá cair nessa “piadinha”.

Não sei porque, mas isso me lembrou dos bilhetes do Michael, que ele escreveu ANTES de morrer.

Ele cita Warner, que ia fazer muito dinheiro, e os planos para um novo cd:







Michael não é um gênio? E ainda tratam ele como alguém bobo, manipulado e ingênuo.

Ahãm…senta lá.

Para começar se ele fosse “bobo”, não teria o catálogo dos Beatles.
Agora te pergunto:
- Quem está por trás de tudo isso?
O dono da Sony/ATV..
- Quem é o dono?
#reflita
Michael is alive!

Fonte:Mulheres Luxo

Tmz, Tmz..
FOCO!

Enquanto a maioria acha que as piadas da Tmz são ridículas e maldosas, eu prefiro tentar entender o que ela está dizendo.

Afinal foi lendo o que não estava ÓBVIO, que descobrimos as mensagens subliminares por trás dela.

Não entendo como algumas pessoas criticam a TMZ, sendo que 60% das coisas da HOAX DEATH veio dela.

As pessoas ainda não perceberam, que ela é uma peça importante aqui?

Então me deixa falar.

Confira a matéria que saiu na TMZ:


Michael Jackson: Você quer fritas?

Michael Jackson
ficou tão preocupado porque que ele não poderia realizar seus shows em
Londres em 2009 , que ele se preocupava em voz alta que iria acabar
trabalhando atrás do balcão do McDonald’s.

Karen
Faye – hairstylist de Michael, foi entrevistado pelos detetives da
polícia de Los Angeles depois que MJ morreu , e a TMZ conseguiu o que
ela disse a polícia.
Faye disse aos policiais:
“Ele estava morrendo de medo porque era tudo financiado pela AEG. Ele
disse que teria que trabalhar no McDonalds, se ele não fizesse esses
shows.”
Faye também disse aos
investigadores que ela acreditava que Michael estava se “auto-sabotando”
com drogas, porque ele não podia fazer todos os 50 shows. Faye disse
que acreditava que Michael precisava de ajuda psicológica, porque ele
estava perdendo muito peso – “. Eu pensei que ele estava sob a
influência de algo”, acrescentando:
Faye disse que o assistente
de Michael, disse que MJ estava vendo o Dr. Arnold Klein de 3-4 vezes
por semana, e aparentemente apresentava sinais de uso de drogas.

Dias
antes de Michael morreu, quando MJ parecia ser mais lúcido, ela disse
que o gerente de Michael perguntou se ela sabia se Michael tinha tomado
algo para melhorar. Sua resposta, de acordo com Faye foi – “Porque
Klein está fora da cidade.”

(..)
“..que iria acabar trabalhando atrás do balcão do McDonald’s”



Oi?
Era para rir com isso?
Não sei porque, mas isso me lembrou de um anúncio do McDonald´s..
Se lembra?


GENTE!
É óbvio que Michael nunca iria acabar, trabalhando como balconista.
Isso foi uma piada, mas com um duplo sentido?
Nós sabemos que se Michael não cumprisse os 50 shows, ele perderia o bem mais valioso dele: o catálogo.
Claro que ele não estaria pobre por causa disso, mas perderia MUITOOO DINHEIRO.
#pense
Aliás, Karen está dizendo que a TMZ distorceu o que ela disse.
Será? Hmm..
Primeiro: se a TMZ distorceu as coisas, porque ela não começa a falar a verdade?
Eu não sei como as pessoas, ainda escutam o que a Karen tem para falar.

Karen vendeu as fotos do túmulo para TMZ, já disse várias coisas
erradas e malvadas sobre a família do Michael, e ainda por cima vive
brigando com todos que trabalharam com Michael, culpando eles SEM
PROVAS, e colocando ela em uma posição de “A HEROINA”.

Algo como:
- Eu sou a única que ama Michael de verdade!
O engraçado disso tudo é que ela não fez nada para impedir Michael de morrer, enquanto ele enchia os bolsos dela de dinheiro.
Me desculpe a franqueza, mas se a TMZ conseguiu coisas mais valiosas, por que não conseguiria isso?
Ou seja: ela está dizendo que a TMZ inverteu as coisas que ela falou, mas a TMZ era ótima quando assinou o cheque dela.
Karen passou muito tempo atuando como a viúva de Michael que foi
desprezada. Ela constantemente sente a necessidade de se defender, pela a
consciência culpada dela.

Ou ela tem remorso, por que vendeu as fotos do túmulo do seu grande amor?
Aliás, já que ela afirmou isso para o FBI.
Por que Dr. Arnold Klein não está sendo Julgado?
E por que ela nunca fala de Murray?
Já que foi ele quem “matou” o Michael.
E o que dizer de Kenny Ortega, que ela também acusou em público?
Karen levantou uma briga, mas calou a boca quando teve seu nome no final de This is it.
E hoje ela está criticando Lady Gaga no Twitter.
Ok! O “x” da questão não é o gosto de cada um, e sim de RESPEITO!
Minha opinião?
Ela está criticando Lady Gaga porque ela ganhou um Grammy, onde o
responsável pelo cd é Teddy Riley, que automaticamente também é “dono”
do Grammy.

Karen e Teddy já brigaram no Twitter, e para mim ela está
criticando Lady Gaga para atingir ele. E inclusive Teddy disse
exatamente a mesma coisa, que eu disse acima!

O egoísmo das pessoas, realmente não aceita os outros brilharem. Estou sempre apelando para o BOM SENSO!
Como levar uma pessoa dessa a sério?

Obs: Ao contrário de Karen, Teddy SEMPRE trabalhou com Michael, enquanto ela foi demitida..
Ou seja: TMZ tira sarro da morte de Michael, mas não tira sarro
da morte de Britany Murphy, Farrah Fawcett, Peter Lopez, Simon Monjack e
etc.

Por que?
Porque Michael sempre foi vitima dos tablóides?
Resposta ERRADA!
Caso contrário a família teria um pouco de bom senso, e não daria tanta informação exclusiva para a TMZ.
#reflita
Voltando para TMZ..
TMZ para aproveitar o Dia dos Namorados que foi comemorando ontem nos EUA, fez cartões de amor tirando sarro das celebridades.
E adivinha quem também foi vitima dela?
Murray!
Veja o cartão do Dia dos Namorados, com uma foto do Murray:


“Um verdadeiro amor, nunca morre”


rsrs
Desculpa, mas eu ri.
“NEVER DIES” lembra “Love lives forever”
Ironia ou hipocrisia?
Espero que você não sofra de amnésia..
E lembre-se: “A ironia também é uma forma de dizer algo sério, porém de forma leviana”.
Então, você quer uma fritas?
Com o Michael vendedor, eu como TUDO sem importar me com as gordurinhas.
#adoro!
Michael is alive!
Fonte:Mulheres Luxo