BLOGGER TEMPLATES AND Gaia Layouts »

10 de nov de 2009

Além das imagens dos ensaios, o filme "Michael Jackson's This Is It", oferece ao espectador uma visão de como Michael era criativo e revolucionaria. Uma série de curtas-matragens foram produzidos pelo fundador da Stimulated, Robb Wagner.

Nos dias que seguiram o falecimento de Jackson, houve rumores de um projeto secreto nde Michael, chamado "Projeto Dome". O projeto Dome é um título de trabalho inventado por Wagner para a série de curtas-metragens para serem integrados a "This Is It". A turnê seria de 50 show's no O2 Arena em Londres, dai o nome foi escolhido por Wagner.

AEG, Kenny Ortega e Jackson decidiram confiar a realização desses vídeos para empresas Stimulated, Inc., Wagner’s Burbank e CA media production company. Wagner foi escolhido como o produtor do Projeto Dome, enquanto o Sr. Jackson e Kenny Ortega tinha a função de produtores.

"Nosso primeiro face-a-face durou onze horas", diz R. Wagner. "Nós assistimos o DVD do trabalho realizado por Michael no passado, e Kenny foi rápido em salientar que o nosso trabalho atual deve refletir o fato de que o MJ foi um artista de vanguarda no campo do vídeo. Kenny e MJ estava associados ao projeto como "produtores de execução" (ou seja, os co-diretores) e explicou a visão de Michael para os concertos. As reuniões só faziam parte da produção. Michael tinha uma idéia nova, Kenny me disse "ele quer ver você." Então, eu estava ouvindo a idéia que ele me explicou pessoalmente. Esse retorno era o sonho do Michael e sua paixão era contagiante. Essas reuniões me inspirou, e eu queria ajudar Michael a ver seu sonho realizado."

A realização do "Projeto Dome" encontrou uma série de dificuldades, precisamente por causa da necessidade de estar alinhado com o espetáculo no palco. Deve haver alguma harmonia entre "ao vivo" e os vídeo. R. Wagner diz: "O projeto era extremamente complicado, mas a minha responsabilidade mais importante era assegurar que tudo o que produzi foi fiel à visão de Michael Jackson. Havia expectativas, e ele tinha explicado claramente".

Das 25 canções que compõem o espetaculo, 16 delas tiveram um vídeo ou um elemento visual projetada na tela gigante.





O vídeo introdutório de "Thriller", "Earth Song" e "Smooth Criminal" foram diretamente relacionados com a encenação. Dois destes vídeos deve ser o mesmo shorts estereográfico 3D ( "Earth Song" e "Thriller").





Eles foram transmitidos numa tela gigante (dimensões: 27 metros de comprimento e 9 metros de altura!) Localizado logo atrás do palco. R. Wagner explica o conceito: "A idéia do MJ para os show's era fazer curtas-metragens em 3D. O público seria convidado a colocar óculos 3D. Então, em algum momento de cada filme, o filme de ação seria transmitido no palco. Todos os personagens do filme, até mesmo os acessórios, deixariam a tela e apareceria em cena. A história continua em vigor a partir de um concerto teatral. Michael Jackson chamou-lhe "a 4º dimensão".

Durante este projeto ultra-secreto pelos estúdios, para reforçar a sua confidencialidade, nomes falsos foram dados a cada clipe. No papel e na conversa, eles falavam do "cemitério" de "Thriller", de "Natureza" para "Earth Song" e "Smooth Criminal" era conhecido pelo codinome "Crime Scene". Para os estúdios de Culver (onde Michael já tinha realizado alguns de seus vídeos, incluindo "Smooth Criminal"), 3 plataformas foram mobilizados. Em 1 de junho de 2009 começou uma maratona de 8 dias de filmagens. Michael atuou no vídeo de introdução para "Smooth Criminal", mas Ele também estava lá para supervisionar tudo e manter um olhar atento sobre os detalhes.




A Companhia Simulated Inc. mais tarde foi transferido para o Staples Center por 15 dias para testar o tamanho, em antecipação a Londres. Nesse momento, o que ocorreu o falecimento de Michael Jackson.

Nas semanas que se seguiram à morte de Michael Jackson, algumas coisas foram planejados para concertos (tributo e especiais na TV), mas nenhum se materializou. R. Wagner e Kenny Ortega, também ajudou na produção do memorial no Staples Center. Então, o co-presidente da Sony Pictures, Amy Pascal chamaou Kenny Ortega, disse que a Sony queria ele num filme que conta a história da série de show's que foram planejadas. Ortega disse que a cúpula do Projeto deve ser completado. Sony contratou Wagner e sua equipe com a missão de terminar o trabalho que Michael Jackson tinha começado.

"Este trabalho foi destinado a ser parte de um dos mais emocionantes, um concerto de Michael Jackson", disse Wagner. "Os fãs merecem a oportunidade de apreciar o Projeto Dome, e não tenho dúvida de que esse momento chegará."


Fonte: MJ Legend | stimulated.tv

fonte reidopop.com

0 Comments:

Post a Comment